Trabalhador rural é vítima de sequestro no interior de Águia Branca


Um trabalhador rural sofreu um sequestro no início da tarde de segunda-feira (23), por volta de 13h, na localidade de Vila de Águas Claras, município de Águia Branca, Noroeste do Espírito Santo. Um dos dois sequestradores foi detido e afirmou que o objetivo era dar um susto na vítima, que devia cerca de R$ 40 mil a eles.

O sequestro ocorreu na frente da casa do trabalhador rural. Segundo ele, dois homens foram até a sua casa, pedindo informações de como poderiam chegar até a cidade de Barra de São Francisco. No momento em que ele saiu de casa para atendê-los, foi rendido pelos homens, que estavam armados com uma pistola calibre 7.65mm e um revólver calibre 32, e obrigado a entrar em um carro.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Ao perceber o sequestro, a esposa do trabalhador rural ligou para um irmão da vítima, que estava na sede de Águia Branca, e acionou a Polícia Militar. Os militares iniciaram buscas e localizaram o veículo – um Fiat Uno Mille com placas MTJ 6751 de Baixo Guandu – na rodovia ES 080, trafegando em sentido contrário. A polícia deu ordem para que o condutor parasse, mas ele não obedeceu e tentou fugir, sendo perseguido até a Praça dos Três Poderes. No local, os sequestradores abandonaram o veículo e correram em direção a um morro, onde ficam uma lavoura de café e uma mata.

Na perseguição, um dos acusados do sequestro, posteriormente identificado com Célio Inácio, foi localizado no meio da plantação e detido. Já o comparsa dele, identificado como Maxsoel Garcia Lopes, conseguiu se embrenhar na mata e não foi encontrado. De acordo com a polícia, Maxsoel reside no Córrego do Aventureiro, município de Conceição do Capim, Minas Gerais.

Célio Inácio relatou à polícia que o trabalhador rural teria lhe aplicado um golpe no valor de aproximadamente R$ 40 mil. Segundo o acusado, a vítima teria comprado cerca de 30 cabeças de gado dele e pagado com vários cheques sem fundos. Após ter procurado a vítima várias vezes para resolver o problema, resolveu dar um susto no trabalhador na tentativa de receber algum valor da dívida.

O acusado Célio Inácio, após prestar depoimento na Delegacia de Polícia Civil de Águia Branca, foi encaminhado até o CDP de São Domingos do Norte, onde se encontra à disposição da Justiça. A polícia continua fazendo buscas ao outro sequestrador.