Carros e motos de banhistas guinchados na Ilha do Boi em Vitória


As praias de Vitória ficaram lotadas neste sábado (21) por causa do forte calor. A Ilha do Boi era a mais disputada pelos banhistas, e as ruas do bairro ficaram movimentadas com o fluxo intenso de veículos. Quem estacionou em local proibido ou em vagas para idosos e deficientes e não tinha as autorizações para usar esses espaços recebeu multa ou teve o carro guinchado.

De acordo com a Guarda de Trânsito, cerca de 20 carros estavam estacionados em locais irregulares na região. Os condutores foram multados. Até o final da manhã deste sábado, duas motos e dois carros foram guinchados. Os veículos flagrados foram levados para um pátio da empresa contratada pela prefeitura e só serão liberados após o pagamento de taxas.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

O auxiliar de tesouraria Raner Rodrigues Fadini, 24 anos, teve a moto apreendida pela Guarda de Trânsito. Ele conta que deixou a motocicleta entre dois carros e jamais pensou que estava errado. Raner promete recorrer da punição. “Fiquei na praia por quase uma hora, e quando fui buscar a moto ela já estava no guincho. Pra mim, havia estacionado corretamente, mas o guarda disse que eu deveria ter parado a moto de frente para a via e não ao contrário. Mas vou recorrer dessa multa”, destaca.
A multa por estacionamento irregular varia de R$ 53,20 a R$ 191,00. O condutor pode perder de três a sete pontos na carteira. O inspetor Coutinho, da Guarda de Trânsito, garante que as vias da Ilha do Boi estão sinalizadas, mas, mesmo assim, o motorista insiste em cometer a imprudência. Muitos confiam no flanelinha, conta o inspetor. “O motorista, muitas vezes, estaciona o carro em local proibido orientado pelos flanelinhas, que acham que são os donos da rua. Mas não é bem assim”, frisou.

Já quem estava regular aproveitou e muito o sábado de praia, como o agente de saúde Eurico Baldoto, que saiu de Itarana, Região Serrana do Estado. “A praia está uma maravilha, não podia deixar de comparecer. Aproveito para tomar uma cervejinha para refrescar”, conta.

Outra que aproveitou a praia foi a vendedora ambulante Leuzenir Oliveira Santos, 58 anos. Ela trabalha na Ilha do Boi há 19 anos e diz que as vendas aumentaram em 50% entre quinta-feira (19) e este sábado. “Com esse sol, está dando para tirar uma grana boa. Aqui eu vendo de cachorro quente a bebidas”.

foto: Tiago Félix

Carros removidos na Ilha do Boi

A aposentada Erika Lúcia Baldoto, 61 anos, deu nota nove para a Praia da Ilha do Boi. Na opinião dela, o local só ficou devendo em infraestrutura. “Gostei muito dessa praia, linda demais. O que falta é um banheiro químico e chuveiro”, destaca.

A Secretaria de Serviços de Vitória (Semse) informa, por meio de nota, que já está realizando estudos nas praias – entre elas, a Ilha do Boi – para avaliar a possibilidade de atender às solicitações dos frequentadores desses locais.