Xand, do Aviões do Forró, nega acusações de tráfico internacional


Por Tribuna Online

07/06/2019 às 09:36

Em nota enviada à imprensa, a banda Aviões do Forró negou que os sócios da banda Xand Avião e Isaías Cds estariam sendo investigados por tráfico internacional de drogas.

“Em 2012 houve uma denúncia anônima, que já foi provada como absolutamente falsa e sem sentido. O processo aberto a partir dessa denúncia foi extinto e arquivado por absoluta ausência de provas”, diz o comunicado.

No entanto, a assessoria confirmou que há uma ação fiscal ajuizada contra a banda Aviões do Forró. “Esta é uma ação de 2016 e a banda já cumpre pontualmente, normalmente e legalmente com seus deveres fiscais”, informava a nota.

Continua depois da Publicidade

Solange Almeida e Xand Avião estão sendo investigados por cinco crimes (Foto: Divulgação)

Solange Almeida e Xand Avião estão sendo investigados por cinco crimes (Foto: Divulgação)

Por meio da Procuradoria Regional da República, o Ministério Público Federal emitiu uma decisão que dá continuidade ao processo criminal envolvendo os cantores Solange Almeida e Xand Avião. Ambos estão sendo investigados por tráfico internacional de drogas, formação de quadrilha, homicídios, ameaças e lavagem de dinheiro.

Além dos ex-vocalistas do grupo Aviões do Forró, o processo também investiga mais quatro pessoas, sócios de uma empresa conhecida como A3 Entretenimentos: Antonio Isaias Paiva Duarte, Zequinha Aristides Pereira, Carlos Aristides de Almeida Pereira e Francisco Claudio de Melo Lima.

As informações são do jornal Correio 24 horas, que divulgou o parecer do MPF.