Você já ouviu falar da dieta da tênia? Tem gente comprando lombriga pela internet para perder peso!

solitariaFala sério o que a ditadura da magreza faz com as pessoas?! Agora tem gente ingerindo tênia (aquela lombriga que chamam de solitária) para perder peso. Pior, tem gente comprando o parasita pela internet na busca de emagrecer rapidamente.

Foi o que fez ma mulher de Iowa (EUA). Ela foi ao seu médico  e relatou história escabrosa: ela havia comprado na internet uma tênia e ingerido o bicho nojento com o objetivo de ficar mais magra.Segundo o “Des Moines Register”, o médico ficou tão assustado com a história contada pela paciente que recorreu ao Departamento de Saúde Pública do estado em busca de uma orientação.Patricia Quinlisk, diretora médica do Departamento, disse para a médico aplicar imediatamente um medicamento que matasse a solitária. Assim foi feito. “Ingerir solitárias é altamente arriscado e pode produzir uma vasta lista de efeitos colaterais”, explicou Patricia, ao jornal USA Today.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Essas tênias podem entrar acidentalmente no organismo das pessoas  após a ingestão de carnes cruas. A partir daí absorvem alimento e nutrientes que acabam fazendo uma grande diferença no peso da pessoa. Só que o perigo é que causam anemia e desnutrição severa, além de possiveis outras infecções. Relatos como esse já foram feitos em 2009, acerca de pessoas de Hong Kong que engoliam ovos da lombriga na tentativa desesperada para perder peso. E há ainda as chamadas  pílulas de tênia disponíveis em algumas clínicas no México.

A dieta da tênia é proibida em países como o Brasil, EUA e Grã-Bretanha. Pelo jeito, tem gente que não está dando bola.  Segundo a imprensa americana, as pílulas do parasita que podem ser compradas na internet são cabeças de Taenia saginata. Elas podem alcançar até 30 metros de comprimento dentro do corpo. O bicho tem pequenos ganchos em sua cabeça que servem para que  agarre-se ao intestino e consuma uma grande parte dos nutrientes que o hospedeiro ingere. Ela causa uma série de complicações como dor abdominal ou dor de estômago, e pode eventualmente se espalhar para outros órgãos internos como o apêndice, bílis ou dutos pancreáticos.