Três crianças morrem afogadas enquanto brincavam em poço

Uma brincadeira transformou-se em tragédia no Assentamento Zumbi dos Palmares, zona rural de São Mateus. As crianças Felipe dos Santos Righetti, 8 anos, a prima dele, Geisiely Righetti da Costa, 8, e Cassiane Barbosa dos Santos, 10, morreram afogadas enquanto brincavam em um poço de irrigação recém-escavado, de cerca de três metros de profundidade. O incidente aconteceu pouco depois das 11h deste sábado (10).

Segundo o lavrador Sebastião Ferreira, 52 anos, havia quatro crianças brincando no poço, construído na quinta-feira (8) para irrigação de uma lavoura de café. A mais velha, de 12 anos, chamou os três menores para irem embora, mas eles não quiseram. “Quando ela chegou à estrada – a cerca de 50 metros do poço – olhou para trás e não viu mais outros. Eles haviam caído no manancial. Ela voltou e tentou salva-los, mas não conseguiu. Aí ela correu para casa para pedir ajuda”, contou.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

A menina pediu ajuda em casa. Aí o pai dela gritou a mim e ao meu irmão e a gente correu para o poço. A gente mergulhou e conseguiu tirar o corpo de uma menina, filha dele, e do menino. Depois, chegaram outras pessoas, que conseguiram tirar a outra garota. Mas não tinha mais jeito. A garota que pediu ajuda, irmã de Geisiely, ainda ficou em estado de choque e teve de ser socorrida”, relatou o estudante José Wilker, 21 anos, que ajudou a retirar os corpos do poço. De acordo com o Sargento Antônio Milioti, da PM, testemunhas afirmaram que o manancial tem cerca de três metros de profundidade.

As crianças foram cobertas com lençóis e folhas de coqueiro até a chegada da perícia, por volta das 15h30. Os corpos foram recolhidos e levados para o Hospital São Marcos, em Nova Venécia, onde um médico legista foi autorizado a realizar a autópsia. A liberação para o enterro deve acontecer ainda neste sábado.