Sérgio Bizotto assume TRE prometendo gestão atuante e discreta

O desembargador Sérgio Bizzoto tomou posse nesta quarta-feira (14) na presidência do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) prometendo gestão atuante, mas sem alardes. Bizzoto afirmou que vai dar continuidade ao Programa de Ética e Transparência Eleitoral (Prete), lançado pelo o antecessor, o desembargador Pedro Valls Feu Rosa, entretanto, com um ritmo diferente. Segundo o novo presidente do TRE, o ‘temperamento’ dele é completamente diferente ao de Feu Rosa.

“O Prete é um programa perfeito. Participei dele desde o início do projeto e vou dar continuidade. Talvez não com as mesmas pessoas, seguramente não com o mesmo ritmo do desembargador Pedro. Somos de gerações diferentes e temos temperamentos diferentes. Mas vou dar continuidade ao programa, não tem porque não continuar com ele”, afirmou Sérgio Bizzoto.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Bizzoto destacou em discurso a importância da proximidade entre a população e a Justiça Eleitoral. Ele frisou que já no primeiro ano de mandato pegará um dos períodos mais complicados para o TRE por causa das eleições municipais.

“Aparentemente as eleições municipais são as mais fáceis para o Tribunal. Mas não são. O eleitor está extremamente próximo ao candidato. Há possibilidade de algum tipo de tumulto, de revanche. São eleições onde as emoções afloram. Mas eu estou encontrando a casa em ordem. Darei continuidade a vários trabalhos. Minhas expectativas são as melhores possíveis.


O desembargador afirmou ainda que o maior desafio que terá pela frente se refere a temas de âmbito nacional como o voto distrital e a aplicação da Lei da Ficha Limpa. Bizotto afirmou ser a favor do projeto Ficha Limpa, desde que ele traga dispositivos legais que não prejudiquem um candidato que tenha algum tipo de condenação.

Bizotto terá como vice-presidente o desembargador Aníbal Rezende, que também atuará como corregedor do órgão.

Nesta quinta-feira (15) o desembargador Pedro Valls Feu Rosa toma posse como presidente do Tribunal de Justiça. A cerimônia está marcada para às 15h30.