Secretarias de Presidente Kennedy são extintas após escândalo, no ES

Nove das 21 secretarias municipais de Presidente Kennedy, no Litoral Sul do Espírito Santo, foram extintas nesta sexta-feira (27). Após ficar uma semana sem comando, Jardeci de Oliveira Terra, que era presidente interino da Câmara de Vereadores tomou posse como prefeito em uma sessão extraordinária.

Os contratos com empresas que tem suspeita de fraude também serão suspendidos. Um contrato com uma empresa de transporte público que atende o município de forma gratuita já foi suspendido. As secretarias que foram extintas são as de Recursos Humanos, Planejamento, Comunicação, Esporte, Habitação, Pesca, Serviços Públicos, Turismo e Transparência.

Entenda o caso

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

O prefeito de Presidente Kennedy, município do Litoral Sul do Espírito Santo, Reginaldo dos Santos Quinta, foi preso durante operação da Polícia Federal na manhã de quinta-feira (19) pela suspeita de desviar cerca de R$ 50 milhões dos cofres públicos. Outras 27 pessoas também foram presas na operação, batizada de “Lee Oswald” (nome do assassino do ex-presidente norte-americano John Kennedy), que cumpriu 79 mandados judiciais, sendo 51 de busca e apreensão, além de 13 mandados de prisões preventivas e 15 de prisões temporárias.

Segundo a Polícia Federal, o prefeito é líder de uma quadrilha responsável por fraudes em licitações, superfaturamentos, desvio de verbas, além de pagamentos indevidos em contratos de serviços e compra de materiais no Espírito Santo. De acordo com a polícia, os recursos municipais eram desviados para os membros da quadrilha.