Réu do Mensalão é citado em suposto esquema de fraude em Presidente Kennedy, diz jornal

O ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, um dos réus do mensalão, é citado nas investigações de desvio de dinheiro público e fraude em licitações no município de Presidente Kennedy. A informação foi divulgada pelo jornal Folha de São Paulo. O suposto esquema descoberto durante a operação Lee Oswald já levou para a cadeira o prefeito da cidade, Reginaldo Quinta (PTB), e mais 26 pessoas, entre eles, empresários, vereadores, procurador e secretários.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

De acordo com a reportagem da Folha, as investigações da Polícia Federal e do Ministério Público encontraram indícios de que o esquema de corrupção deflagrado seria a ponta de um esquema que se espalha por outros municípios do Espírito Santo, Goiás, Bahia, Minas Gerais e São Paulo.

Ainda segundo a matéria, Delúbio teria discutido formas de vender a outras cidades lousas digitais, um dos focos de fraude apontados que teria como líder o prefeito Reginaldo Quinta.

O jornal diz também que os vereadores afastados seriam responsáveis por evitar que os contratos fossem fiscalizados. Na fraude, cerca de R$ 55 milhões foram desviados. A reportagem da Folha diz que uma das fornecedoras investigadas no fornecimento das lousas é a Matrix Sistemas e Tecnologia, que tem como endereço um terreno baldio.

Procurado pelo jornal, Delúbio Soares não se manifestou sobre o caso.