Promotor cai da cadeira de rodas ao descer rampa íngreme do TRE

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

O promotor eleitoral de Mantenópolis, Izaías Antônio de Souza, caiu da cadeira de rodas ao descer a rampa de acesso à calçada do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE), em Vitória, na manhã desta sexta-feira (12). Ele não se machucou, mas diz que a rampa é muito íngreme e representa um risco para os deficientes físicos.

“O grau de acessibilidade, principalmente para o cadeirante, é quase zero, até mesmo no TRE. A rampa é tão íngreme que não deu. Eu segurei no corrimão, mas a cadeira desceu sozinha. O acesso aqui é muito perigoso. Eu poderia ter sofrido um acidente grave”.

Souza destacou ainda que o problema não é uma exclusividade do TRE, mas constante em locais públicos e privados.

O TRE informou, por meio da assessoria de imprensa, que na época da construção do prédio, não havia exigência legal quanto ao padrão da rampa, mas no final de 2011 começaram estudos para reforma, inclusive com a implantação de uma plataforma elevatória no primeiro trimestre de 2013.