Programa Criança Feliz é lançado em Mantenópolis

Para promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância –considerando sua família e seu contexto de vida – foi lançado, nesta sexta-feira (22), o Programa Criança Feliz Capixaba em Mantenópolis. O evento foi realizado no polo da UAB em cima da Rodoviária.

Estavam também representantes das cidades de Montanha, Mucurici, Pedro Canario e Mantenópolis.

O palestrante foi o Dr. Antonio Wilson Fiorote.

No caso de crianças em situação de vulnerabilidade ou de necessidades especiais, esse apoio poderá se estender até os 06 anos de idade. O programa ajudará também as mães e a família na preparação para o nascimento da criança, ainda na fase de gestação, e, posteriormente, com o desenvolvimento de atividades lúdicas envolvendo outros membros da família, prevê também o fortalecimento de vínculos e o papel da família no cuidado da educação das crianças na primeira infância.

O Programa Criança Feliz Capixaba

O objetivo maior do Programa Criança Feliz Capixaba é articular as políticas setoriais que favoreçam a promoção do desenvolvimento integral e integrado da criança, desde a gestação até os seis anos de idade, cujas famílias sejam beneficiárias do Programa Bolsa Família, em consonância com os princípios e recomendações constantes na Lei nº 13.257/2016, e as orientações técnicas e metodológicas do Programa em referência”.

Em sua fase inicial, estará implementado ações em 18 municípios:

Alfredo Chaves, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, Conceição do Castelo, Guaçui, Ibiraçu, Mantenópolis, Marataízes, Mimoso do Sul, Montanha, Mucurici, Muqui, Pedro Canário, Ponto Belo, Santa Teresa e Sooretama.

Com foco na visitação domiciliar semanal, realizada por visitadores amplamente capacitados, o programa reunirá ações em áreas como saúde, educação, cultura e justiça. Cientificamente está comprovado que, crianças que passam por esse tipo de atendimento, onde a estratégia de visitação domiciliar é um dos enfoques, vão estar muito mais preparadas para a escola. Além disso, ao longo da sua vida, essas crianças vão ter menos problemas com a área da violência e mais sucesso no mundo do trabalho. É uma série de ganhos que elas vão ter até a vida adulta.

COMPARTILHE