Presidente do TRE-ES fala das orientações para as eleições 2012 os juízes eleitorais

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo, desembargador Sérgio Bizzotto, reuniu-se ontem e hoje com pequenos grupos de juízes eleitorais do Estado para falar das principais orientações para as eleições municipais de 2012. Foram quatro reuniões, nestes dois dias, e na terça-feira haverá a última, pois na segunda-feira o presidente participa de uma reunião de trabalho com a presidente do TSE, ministra Cármen Lúcia, em Brasília.

A primeira reunião ocorreu ontem com a participação dos juízes eleitorais da Grande Vitória. Outras reuniões aconteceram hoje, agrupando juízes de zonas eleitorais do norte e do sul do Estado. Além do desembargador Bizzotto, também estão participando dessas reuniões o diretor geral do TRE-ES, Alvimar Dias Nascimento, e o secretário de TI do TRE-ES, Danilo Marchiori.

Na pauta do presidente os principais pontos abordados foram: a segurança no dia das eleições, o policiamento, a questão das bebidas alcoólicas e o processo eletrônico de votação, que foi todo detalhado pelo secretário de TI.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

O desembargador Sérgio disse que encerrou a semana bem tranquilo com relação ao pleito deste ano, pois nenhum juiz relatou problemas que possivelmente poderiam acontecer, principalmente, no interior do Estado. “Estamos fazendo as reuniões mais a título de direcionamento, pois queremos fazer um pleito seguro, com total lisura e tranquilidade”, relatou o presidente, que ainda pediu aos juízes muito bom senso no dia da eleição.

Quanto à segurança, o presidente explicou que já realizou várias reuniões com a Polícia Militar e que o comandante geral já garantiu o policiamento em 07 de outubro, data do primeiro turno. Serão cerca de oito mil policiais trabalhando em todo o Estado.

Em relação ao comércio de bebida alcoólica, o desembargador Sérgio disse aos juízes que vai apresentar esse assunto na reunião da próxima segunda-feira, no TSE. “Vou falar dessa questão com a ministra Cármen Lúcia e depois o Pleno do TRE-ES irá deliberar sobre o assunto e, por fim, farei um ofício circular aos senhores informando que postura deverá ser adotada”, explicou Bizzotto.

O diretor geral falou sobre questões administrativas. O secretário de TI explicou todo o processo eleitoral, a logística de transporte e testes das urnas eletrônicas, até a etapa final, que é a apuração dos votos.

No Espírito Santo existem 58 Zonas Eleitorais, já participaram das reuniões juízes de 42 Zona Eleitorais.

COMUNICAÇÃO DO TRE-ES