Prefeitura de Cariacica exclui de pregão empresa denunciada por fraude em licitação

A prefeitura de Cariacica decidiu, nesta quinta-feira (22), excluir duas empresas citadas na denúncia de fraude em licitação em hospitais do Rio de Janeiro do pregão para a contratação de remoção em ambulância 24 horas. São elas a Toesa Service e a Sasefety. A primeira apresentou o melhor lance, no valor de R$ 1,6 milhão para realizar o serviço.

O secretário de Saúde do município, Weydson Ferreira, explicou o pregão foi feito de forma eletrônica e que as duas empresas não chegaram a fechar o contrato com a prefeitura, já que o processo ainda estava na primeira fase da licitação.

“Agindo previamente também decidimos excluir a segunda colocada por princípios de ética e da moralidade porque ela também foi citada nas denúncias”, disse.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Ferreira disse ainda que as duas empresas ainda não tinham apresentado a documentação para a conclusão do processo. “Já encaminhamos toda a cópia do processo de licitação para o Ministério Público e para o Tribunal de Contas para mostrar a lisura e moralidade do processo licitatório”.

O serviço consistia na contratação de ambulância para remoção 24 horas. A empresa vencedora teria que ofertar quatro veículos, além de quatro motoristas socorristas, seis enfermeiros e arcar com as despesas de manutenção dos carros.

“Nós recebemos essas denúncias com apreensão, mas sabendo de que todo o processo foi correto e realizado com transparência”.