Prefeita de Águia Branca, Tia Ana, é denunciada por improbidade administrativa

tia-ana-300x243O Ministério Público Estadual (MPES) denunciou, nessa quarta-feira (23), a prefeita de Águia Branca (região noroeste), Ana Maria Carletti Quiuqui, Tia Ana (PMDB), e mais duas pessoas, em uma ação de improbidade administrativa. Eles são acusados da utilização de máquinas, veículos e servidores do município em obras na propriedade do vice-prefeito Gilmar Strzepa, o Arroz, que também figura entre os denunciados. A promotoria local pede a condenação dos envolvidos ao ressarcimento dos danos ao erário, além da perda da função pública.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

De acordo com informações do MPES, a denúncia foi feita por vereadores do município ao representante do órgão ministerial, que se deslocou até a propriedade do vice-prefeito e comprovou a utilização do maquinário da prefeitura no local, em outubro passado. O promotor verificou ainda que o secretário municipal de Agricultura, Cláudio Antônio Destéfani (também denunciado), havia cedido tais máquinas da prefeitura para serem operadas por servidores municipais.

Nos autos do processo (0000283-62.2014.8.08.0057), o Ministério Público requereu o afastamento liminar do secretário da função, sob alegação de que não influencie na coleta de provas ou depoimento de testemunhas. Apesar de não figurar diretamente no episódio, a promotoria aponta que o vice-prefeito e o secretário de Agricultura teriam agido com a conivência de Tia Ana.

Entre os pedidos da ação, o órgão ministerial requereu a condenação do trio ao ressarcimento integral do dano ao erário, perda de bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por um período entre cinco e oito anos, proibição de contratar com o poder público pelo mesmo prazo, além do pagamento de multa civil de até duas vezes o valor do dano. O caso tramita na Vara Única de Águia Branca.