Portão de escola cai e atinge cabeça de estudante no Parque Moscoso

O portão do estacionamento do Centro Municipal Educacional Infantil Ernestina Pessoa, no Parque Moscoso, na região do Centro de Vitória, caiu e atingiu a aluna Leyla Negrini Querino, de 5 anos, no início da tarde desta quinta-feira (19).

A menina ficou com rosto muito machucado. De acordo com informações obtidas no Hospital Infantil e junto a familiares, Leyla teria perdido vários dentes.

No momento do acidente, ela estava acompanhada da bisavó Maria Negrini, 70 anos. A menina chegava para o início das aulas quando foi atingida. O portão de entrada principal do CMEI fica na mesma calçada da garagem da escola. A pancada abriu um corte profundo na testa da garota.

A menina foi socorrida por policiais do Batalhão de Trânsito e levada, em uma viatura descaracterizada, para o Hospital Santa Casa da Misercordia, Vila Rubim. De lá, ela foi transferida para o Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória, na Praia do Canto, também na capital capixaba.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

O caso foi registrado no Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA). O delegado Marcelo Nolasco determinou que fosse feita perícia no local para determinar a causa do acidente. Nolasco também solicitou, ao Departamento Médico Legal, a realização de exames de corpo de delito para identificar a gravidade com que a menina foi atingida pelo portão.

A garota estava acompanhada da bisavó em frente à instituição de ensino. Ela teria se afastado da entrada principal e foi para o lado oposto, onde fica a garagem. De acordo com informações da Prefeitura de Vitória, a menina foi submetida a exames médicos e de laboratório e passou por dois raios-x.

Em observação

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação de Vitória lamentou o incidente e disse que o episódio ocorreu quando a aluna se afastou da responsável que a acompanhava, fora do horário de aula e fora do espaço físico destinado aos alunos.

A criança, frisa a secretaria, foi imediatamente atendida por servidores da escola e encaminhada ao Hospital Infantil, onde recebe atendimento médico e acompanhamento da direção da unidade de ensino.

A prefeitura disse também ainda que exames já foram realizados e todos os procedimentos médicos cabíveis foram adotados. A nota diz que não foi identificado nada que ponha em risco a vida da aluna. Ela está bem, consciente e, apenas por medida de segurança, permanece em observação no hospital.