Polícia divulga foto do acusado de assassinar ex-presidiário em Linhares

A Polícia Civil de Linhares divulgou nesta segunda-feira (9) a foto de Vitor Silva Ferreira, de 27 anos. Ele é acusado de matar o ex-presidiário Mateus Ribeiro dos Santos, 63 anos, com 12 tiros, dentro de uma mercearia no bairro Interlagos, na última quinta-feira.

Vitor teve a prisão preventiva decretada na última sexta-feira e ainda não foi preso. Apesar de novo, tem um extensa ficha criminal. Segundo o delegado Fabrício Lucindo Lima, titular do Departamento de Polícia Judiciária (DPJ), ele ainda responde por crimes de furto, roubo, porte ilegal de arma e homicídio.


As investigações seguem duas linhas – crime de mando ou vingança. “O crime está elucidado, mas a prisão do acusado é que vai desvendar quem é o mandante”, afirmou Lucindo.

A vítima, segundo a polícia, era a principal testemunha da morte do sindicalista Edson José dos Santos Barcellos, assassinado em 2010, no município de Conceição da Barra. O suspeito de ser o mandante da morte do sindicalista é o prefeito do município, Jorge Donati.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

foto: Divulgação/Polícia Civil
Ex-presidiário assassinado dentro de mercearia em Linhares. Segundo a Polícia Civil, a vítima era a principal testemunha da morte do sindicalista Edson Barcelos, em 2010, em Conceição da Barra
O ex-presidiário foi assassinado dentro de mercearia no bairro Interlagos, em Linhares

O crime

Mateus Ribeiro dos Santos foi assassinado com 12 tiros dentro de uma mercearia no bairro Interlagos, em Linhares, no final da tarde da última quinta-feira (5), por volta de 16h30. As imagens do circuito de videomonitoramento da mercearia foram divulgadas pela Polícia Civil.



As cenas mostram o momento em que Mateus é friamente assassinado. A vítima estava no caixa, quando o criminoso aparece com uma arma em punho e atira à queima-roupa.

Ferido, Mateus cai no chão da mercearia. Na sequência, o criminoso se aproxima com duas armas, uma em cada mão, e atira várias vezes na vítima. Após a execução, o assassino foge à pé pelas ruas do bairro. (As informações são de A Gazeta)

Saiba mais

Barcelos era secretário do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Conceição da Barra (Sindisbarra) e presidente do DEM no município. Ele foi encontrado morto no dia 6 de julho de 2010, com um tiro na testa, em uma plantação de eucalipto.

O prefeito de Conceição da Barra, Jorge Donati (PSDB), foi apontado como mandante do assassinato do sindicalista. Ele teve a prisão preventiva decretada pelo Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) no último 31 de janeiro sob a acusação de ameaçar testemunhas. Quinze dias depois, ele foi solto através de habeas corpus expedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).