Pacote de “compensação” do governo federal pode incluir quarta ponte de Vitória

As obras de construção da quarta Ponte de Vitória, no valor de R$ 300 milhões, e o Contorno do Mestre Álvares, orçado em R$ 305 milhões, poderão ser financiadas pelo governo federal. Estas são apenas duas propostas do pacote de investimentos do governo federal para compensar o Espírito Santo pelas perdas decorrentes com a extinção do Fundap – Fundo de Desenvolvimento das Atividades Portuárias do Espírito Santo.

A garantia é do ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, durante encontro com a deputada Rose de Freitas (PMDB-ES) nesta terça-feira (29). O objetivo da reunião foi discutir com o ministro quais as obras rodoviárias deverão ser incluídas no diagnóstico de investimentos que o governo federal vai apresentar nos próximos dias à bancada do Espírito Santo.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Em reunião com a bancada no dia 17 deste mês, o secretário-executivo do ministério, Nelson Barbosa, anunciou que o governo apresentará nos próximos dias um pacote de benefícios nas áreas de tributação, de investimentos e de financiamentos para o Estado. Barbosa pediu para Rose, que é coordenadora da bancada, acertar um novo encontro com deputados, senadores e o governo do Espírito Santo para o anúncio das medidas. A data do encontro ainda não está definida.

Na audiência desta terça com Paulo Passos, a deputada Rose de Freitas pediu ao ministro que sejam incluídas no pacote de compensações do governo federal as obras das BRs 262, 342, 484 e 447. A reunião contou com a presença de assessores de deputados e senadores.

Segundo Rose, essas quatro vias federais são estratégicas e fundamentais para o desenvolvimento do Espírito Santo. Na conversa, o ministro ainda explicou que algumas dessas obras já estão com projetos executivo e ambiental bastante avançados.