Oito internos fogem da Penitenciária de Cachoeiro

Oito internos fugiram na manhã desta sexta-feira (20), por volta das 7h, da Penitenciária Regional de Cachoeiro de Itapemirim (PRCI). A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) já iniciou investigação para apurar as circunstâncias da fuga.
A Corregedoria da Sejus vai ouvir os funcionários da unidade e analisar as imagens do circuito interno de TV. Se alguma pessoa quiser entrar em contato, basta ligar para o Disque-Denúncia, por meio do telefone 181.
A Penitenciária foi inaugurada em setembro de 2008, tem capacidade para abrigar 432 internos e atualmente funciona dentro de sua capacidade.
Fuga é inadmissível, diz OAB
A fuga registrada no presídio de Cachoeiro de Itapemirim foi classificada como inadmissível pela Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Espírito Santo. Segundo o presidente da OAB, Homero Mafra, a ocorrência de uma fuga demonstra que o sistema de segurança adotado não é eficaz.
Ele lembra que há quase dois meses foi registrado uma fuga de criminosos do presídio de segurança máxima de Viana. ‘É preciso que haja uma apuração rápida do caso e que o resultado venha a público. Até hoje não sabemos o que aconteceu no Máxima, em Viana. Isso é gravíssimo. Não se pode dizer que vai apurar e depois não mostrar o resultado’, destacou Homero Mafra.

Oito internos fugiram na manhã desta sexta-feira (20), por volta das 7h, da Penitenciária Regional de Cachoeiro de Itapemirim (PRCI). A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) já iniciou investigação para apurar as circunstâncias da fuga.
A Corregedoria da Sejus vai ouvir os funcionários da unidade e analisar as imagens do circuito interno de TV. Se alguma pessoa quiser entrar em contato, basta ligar para o Disque-Denúncia, por meio do telefone 181.A Penitenciária foi inaugurada em setembro de 2008, tem capacidade para abrigar 432 internos e atualmente funciona dentro de sua capacidade.Fuga é inadmissível, diz OAB
A fuga registrada no presídio de Cachoeiro de Itapemirim foi classificada como inadmissível pela Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Espírito Santo. Segundo o presidente da OAB, Homero Mafra, a ocorrência de uma fuga demonstra que o sistema de segurança adotado não é eficaz.Ele lembra que há quase dois meses foi registrado uma fuga de criminosos do presídio de segurança máxima de Viana. ‘É preciso que haja uma apuração rápida do caso e que o resultado venha a público. Até hoje não sabemos o que aconteceu no Máxima, em Viana. Isso é gravíssimo. Não se pode dizer que vai apurar e depois não mostrar o resultado’, destacou Homero Mafra.

Confira as fotos:

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Vagner Souza de Oliveira
Vagner Souza de Oliveira
foto: Divulgação/Sejus
Pablo da Cruz Silva
Pablo da Cruz Silva
foto: Divulgação/Sejus
Josiel Soares Martins
Olegário Bernardo
foto: Divulgação/Sejus
Josiel Soares Martins
Josiel Soares Martins
foto: Divulgação/Sejus
Jefter Francisco Ribeiro
Jefter Francisco Ribeiro
foto: Divulgação/Sejus
Claudio Ney Almeida
Douglas Lima de Aguiar
foto: Divulgação/Sejus
Claudio Ney Almeida
Claudio Ney Almeida
foto: Divulgação/Sejus
Alex Sandro Silva
Alex Sandro Silva