O horário de verão começa no próximo sábado (21) a meia-noite

O horário de verão começa no próximo sábado (21) a meia-noite, quando os relógios deverão ser adiantados em uma hora. Quem tem mais dificuldades em se adaptar à mudança, deve começar a preparar o organismo com antecedência, diz a fisiologista da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) Ana Cláudia Duarte.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Para muitas pessoas, os efeitos dessas mudanças provocam alterações no sono, que podem causar irritabilidade, estresse e baixa produtividade. Cansaço, fraqueza muscular, dores de cabeça, mau humor, alteração do apetite e diminuição na capacidade de concentração são outros sintomas.

Segundo a especialista, sofre mais quem tem dificuldade em flexibilizar o horário, como idosos e crianças. “Pessoas que têm o horário mais rígido tem mais dificuldade. Quem está acostumado com a variação no ritmo do dia não se prejudica tanto”, explica.

De acordo com Duarte, mudar os hábitos gradativamente cinco dias antes de o início do novo horário já é o suficiente para adaptar o corpo. Quem costuma dormir às 22h, por exemplo, pode tentar fazer isso às 22h20. Na noite seguinte, às 22h30, depois, às 22h40. Essa alteração gradativa pode ser aplicada às demais rotinas, como almoço, jantar, atividades físicas.