Nove em cada 10 homens impotentes são sedentários, diz secretaria

A disfunção erétil traz mais de 300 pacientes por mês ao Centro de Referência da Saúde do Homem, órgão da Secretaria de Estado da Saúde, na zona sul da capital paulista. Uma pesquisa feita no ambulatório de sexualidade do centro aponta que 90% do total são sedentários e não praticam atividade física nem aos fins de semana.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

De acordo com a secretaria, o sedentarismo contribui com o aparecimento de hipertensão arterial sistêmica, colesterol e triglicerídeos altos, fatores de riscos para as doenças cardiovasculares que, junto com a diabetes mellitus, formam as principais causas orgânicas da disfunção erétil, pois tornam os vasos sanguíneos mais rígidos e dificultam a vasodilatação.
Quem não pratica atividades físicas – e possui maus hábitos alimentares – ainda pode ganhar peso e gordura na região abdominal diminuindo, desta forma, a produção de testosterona – hormônio masculino importante para o bom desempenho sexual.