Necrópsia de Whitney Houston revela queimaduras e nove tipos de drogas

Na noite deste domingo (8), a necrópsia de Whitney Houston teve detalhes divulgados. O jornal britânico The Sun revelou que o exame no corpo da cantora apontou muitas cicatrizes, queimaduras, marcas de agulha e um total de 11 dentes falsos.

O aspecto mais chocante revelado pela necrópsia foi a presença de nove tipos de droga no corpo da cantora, entre cocaína, maconha, antialérgicos e relaxantes musculares.

Anteriormente, os peritos já haviam encontrado uma colher de cocaína no quarto da cantora, que estava hospedada em um hotel de luxo em Beverly Hills.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Segundo o The Sun, o exame também constatou que a cantora entrou na banheira com a temperatura da água a 66ºC, o que fez com que sua pele soltasse do corpo.

Quando Whitney Houston foi encontrada morta, cerca de seis horas depois, a água estava a 33ºC. De acordo com a perícia, ela não teria sentido a temperatura escaldante, por estar sob o efeito de drogas.

Por ter sido usuária de cocaína durante muitos anos, a cantora arcou com as consequências do seu vício. A necrópsia apontou que Whitney também tinha problemas na boca e um buraco no nariz.

Os peritos apontaram a causa oficial da morte através do exame. Whitney Houston morreu afogada acidentalmente e teve uma parada cardíaca. Um dos fatores que contribuiu para o falecimento da cantora foi o uso exagerado de cocaína.