Multa para empresas com focos de dengue

Os proprietários de comércios, empresas e indústrias de todo o Estado que não adotarem medidas para evitar focos do mosquito da dengue serão multados. O prejuízo pode variar de R$ 1.055,85 a R$ 2.111,70. A punição está prevista na lei estadual publicada nesta quinta-feira, no Diário Oficial.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Atualmente, a Vigilância Sanitária Estadual já fiscaliza as grandes indústrias. Os demais estabelecimentos citados na nova lei serão fiscalizados pelos municípios. Apesar da legislação prevendo punição, tudo indica que os estabelecimentos que não cumprirem as regras ficarão impunes, já que a maioria das prefeituras – que também possuem leis parecidas – não multa quem descumpre a lei.

Serão fiscalizados ferros velhos, empresas de transporte de cargas, lojas de material de construção, borracharias, recauchutadoras e similares. De acordo com a nova lei, esses estabelecimentos ficam obrigados a realizar a cobertura e proteção adequada de pneus, peças, sucatas, carcaças e garrafas, bem como de qualquer outro material exposto ao tempo.

A Prefeitura de Vila Velha vai realizar uma ação de combate à dengue nesta sexta-feira em um imóvel fechado no bairro de Santa Mônica. Foi preciso autorização da Justiça para realizar a ação. O pedido foi feito pela vizinhança, que fez um abaixo-assinado pedindo a intervenção. Além de recolher lixo e entulho, os funcionários da prefeitura vão combater focos de dengue e aplicar veneno para roedores.