MPES instaura procedimento para averiguar a situação dos correios de Mantenópolis

10636337_10201631520110078_4661822450677268561_nO Ministério publico de Mantenópolis instaurou hoje ( 10 ) procedimento para averiguar situação dos correios de Mantenópolis.

Um morador de Mantenópolis revoltado com a situação dos correios, usou as redes sociais para se manifestar nesta quarta-feira dia 10 sobre a situação dos correios de Mantenópolis. Segundo ele, ficou mais de três horas na fila de atendimento para postar uma caixa que pesava menos de meio Kg.

“Os serviços dos nossos correios em Mantenópolis estão precários, não pela qualidade ou pelo atendimento, pois esta agência é um serviço extremamente essencial ao nosso município, e tem prestado serviços indispensáveis e relevantes, portanto, minha reclamação em nome de centenas de pessoas não vai contra o atendimento, nem contra as pessoas que lá trabalham, os quais são meus amigos e sei que também sofrem o problema do SATURAMENTO da capacidade de atendimento da agência, mas vai contra os correios, que não fazem investimentos nesta agência, que não está mais comportando a demanda, carecendo de atenção e investimento em infra-estrutura de expansão do espaço e tratamento mais digno ao usuário. Eu, como tantos outros ontem, segunda-feira dia 09/09/2014 fiquei nada menos do que TRES HORAS na fila para conseguir postar uma caixinha de menos de meio kg. Peço aos amigos que ajudem a compartilhar isto, para que possamos encaminhar o problema para o ministério público, isto é uma afronta à dignidade do usuário”.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Os chamados “Bancos Postais” surgiram na segunda metade do século XIX, com o objetivo de atender principalmente o público de baixa renda desprovido de atendimento bancário. Sua função precípua é promover a inclusão social e financeira, abrigando milhões de contas no mundo inteiro. Por esse motivo, tem sido estimulada a implantação de bancos postais em vários países, sendo inclusive um dos projetos incentivados pela ONU e pelo Banco Mundial.

O serviço é regulado pelo Banco Central do Brasil, nos termos das Resoluções 3954/2011, 3959/2011, 4035/2011 e 4042/2011 do Conselho Monetário Nacional, e pelo Ministério das Comunicações, nos termos da Portaria 588/2000.

Hoje, o Banco Postal está presente em 94% dos municípios brasileiros, prestando atendimento à população brasileira em mais de 6 mil agências de correios.

Os Correios, em conformidade com a legislação vigente, prestam os serviços de Banco Postal em parceria com uma instituição financeira, para isso é realizado um processo seletivo. A primeira parceria foi firmada com o Banco Bradesco por um período de dez anos e alcançou a marca de mais de 11 milhões de contas abertas.