Morre a cantora Whitney Houston, aos 48 anos

De acordo com a polícia da Califórnia, ela foi encontrada morta em seu quarto no Beverly Hilton Hotel. A causa da morte ainda não foi divulgada

A cantora e atriz norte-americana Whitney Houston morreu neste sábado (11), aos 48 anos. De acordo com a polícia local, ela foi encontrada morta em seu quarto no Beverly Hilton Hotel, na Califórnia. A causa da morte ainda não foi divulgada.

É com pesar que informamos a morte da diva norte-americana Whitney Houston, declarada as 21h e 55 minutos (horário de Brasília) pela polícia, no Hotel Beverly Hilton, em Los Angeles. Whitney Houston deixa aos 48 anos uma história de sucesso e músicas marcantes, além da legião de fãs que acompanhavam a carreira da cantora mundo a fora. A morte de Whitney Houston aconteceu no seu quarto localizado no quarto andar do hotel na noite de sábado dia 11, quando a polícia foi notificada pelos agentes da cantora que a encontraram desacordada no chão do quarto.

A polícia não mediu esforços para tentar reanimar a cantora, que aparentemente não surtiu efeitos positivos. Ainda não se sabe se a morte da cantora está relacionada ao uso de drogas e álcool, somente exames posteriores poderão dizer com certeza porque Whitney Houston morreu. Confira abaixo as palavras do porta-voz da polícia de Beverly Hills, Mark Rosen: “Não havia sinais óbvios de tentativa criminosa no local, que está sendo investigado pelo departamento de polícia de Beverly Hills.

Diversas personalidades da música pop internacional, como Katy Perry, Mariah Carey, Rihanna, Lenny Kravitz e Usher, utilizaram-se da rede de microblogs, Twitter, para demostrarem o que sentiram com a morte da cantora. O auge dacarreira de Whitney Houston foi em meados de 1980 e fim dos anos 90, quando a cantora foi quem vendeu o maior número de discos, levando-a atuar no cinema em Falando de Amor e no sucesso internacional Guarda-Costas, com Kevin Costner. Ainda no fim dos anos 90, a cantora viu sua carreira despencar após declarar publicamente ser usuária e dependente de maconha, cocaína e remédios controlados. Após esta declaração, a cantora tentou de todas as formas largar o vício, mas mais uma vez, as drogas venceram e calou mais um voz que deixará saudades.

A  carreira

A cantora pop Whitney Houston, 48 anos, foi encontrada morta neste sábado num quarto do Beverly Hills Hotel, segundo a polícia local, que não deu detalhes a respeito do caso. A cantora foi declarada morta às 15h55 (horária local, 22h55 de Brasília), apesar dos esforços para reanimá-la. O tenente da Polícia de Beverly Hills Mark Rosen assegurou à imprensa que “não havia sinais evidentes de intenção criminosa” e que a causa de sua morte está sendo investigada. Sucesso comercial nos anos 1980 e 90, Whitney tinha a saúde estava visivelmente debilitada nos últimos tempos por causa de seus problemas com as drogas.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Whitney, que se preparava para reaparecer no cinema em uma nova versão de Sparkle, seu primeiro papel cinematográfico desde Um Anjo em Minha Vida, de 1996, morreu na véspera da 54ª entrega anual dos prêmios Grammy.

As reações de outras personalidades da música foram imediatas, como a do cantor Lenny Kravitz, através de sua conta no Twitter. “Whitney. Descanse em paz. Não haverá outra como você. Lenny”, escreveu o cantor.

Dona de uma voz poderosa, Houston dominou o cenário musical americano nos anos 1980 e 1990 como a cantora pop-soul conhecida como “the Voice” (a voz). Nesse período, ela atuou em filmes de sucesso como O Guarda-Costas (1992) e Falando de Amor (1995).

Filha de uma família musical, que incluía sua mãe Cissy Houston, uma cantora gospel, e Dionne Warwick, sua prima, Whitney Houston começou adolescente a trabalhar como modelo e depois começou a cantar. Whitney, que cresceu em Nova Jersey, também deu seu apoio ao movimento anti-apartheid de Nelson Mandela, e fez campanha pela libertação do líder negro sul-africano.

Seus sucessos incluíam How Will I KnowSaving All My Love for YouI Will Always Love You. A cantora vendeu mais de 170 milhões de álbuns em termos mundiais, mas sofreu um grande baque na carreira ao admitir a dependência de drogas e uma relação abusiva com seu ex-marido Bobby Brown. Brown fez sucesso como cantor de rhythm and blues nos anos 1980 e 90, mas ficou mais conhecido como marido de Houston e por seu envolvimento constante com drogas e a lei.

O casal, que se divorciou em 2007, estrelou um reality show, B“, que falava de seu casamento. Os dois tiveram uma filha, Bobbi Kristina. Brown foi preso em Atlanta, em 1993, por atentado ao pudor, e por agressão em 1995. Também foi preso por dirigir bêbado em 1996 e por bater em Houston em 2003.

Desde a década de 1980 até quase o final dos anos 90, a cantora foi uma das artistas que mais discos vendeu ao redor do mundo. Seu sucesso lhe rendeu seis Grammy, incluindo dois de álbum do ano, além de uma transferência para o cinema, onde Whitney protagonizou sucessos como O Guarda-Costas, junto com Kevin Costner.

Whitney conseguiu voltar em 2009, quando de novo foi número um em vendas nos EUA com seu último álbum, I Look to You, o primeiro em sete anos, período no qual sua imagem foi atingida devido a sua dependência de drogas, álcool e às constantes polêmicas com Brown.

A cantora não retornava ao número 1 de vendas desde o grande sucesso da trilha sonora do filme O Guarda-Costas, que permaneceu no topo das paradas de sucessos do país durante vinte semanas consecutivas.