Ministério Público investiga irregularidades no hospital em Mantena

Uma denúncia de irregularidades no pronto socorro e Hospital Evangélico de Mantena, levou a promotoria a comparecer ao local, acompanhado a Polícia Militar. O fato aconteceu no dia 12 de janeiro, ás 23h47min e foi registrado pela Policia Militar no Boletim de Ocorrência (BO) M5573-2012-0000164 e o Número de REDS 2012-000086109-001.

O 3º Sargento da Policia Militar de Mantena, Jean Carlos da Silva Ferreira, que comandava a viatura 2 da PM no dia 12 de janeiro de 2012,   narrou em uma ocorrência que acompanhou o promotor de justiça de Mantena, Dr. Evandro Ventura, ao Hospital Evangélico do município, e ao Pronto Socorro, com a finalidade de apurar a uma denúncia, que médico que estão trabalhando no plantão do hospital, e no pronto socorro, concomitantemente.

O pronto socorro é mantido pela Prefeitura Municipal e o Hospital Evangélico é particular.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Continuando a narração o histórico diz ainda, “Ao chegarmos ao Pronto Socorro, encontramos no plantão médico Dr. Simonton, que também se encontrava de Plantão no Hospital Evangélico, e segundo as técnicas de enfermagem, Josiane e Girlene, que se encontravam no hospital, por volta das 20h30min, o Dr.Simonton havia realizado no hospital, um procedimento de ultra-sonografia, em um paciente chamado Claudeir Gabriel, que em seguida fora encaminhado para a Casa de Saúde Santa Mônica, hospital particular de Barra de São Francisco”.

O Dr. Simonton disse que estava trabalhando de Plantão no Pronto Atendimento, apenas substituindo outro médico, Dr. Carlos, e que no Hospital Evangélico ele não estava atendendo consulta particular, estava atendendo apenas pelo SUS Disse ainda que, a respeito da ultra-sonografia realizada no paciente Claudeir, ele não atendeu e nem emitiu laudo médico para o paciente, apenas auxiliou o Dr. Ronaldison, Secretário de Saúde do Município, que estava atendendo o paciente.

A informação do Boletim de Ocorrência prossegue “Ressaltamos que a técnica de enfermagem Girlene, acompanhou o Dr. Simonton na realização do Ultra-som, e deixou bem claro que foi ele quem realizou, afirmando ainda que somente o Dr. Simonton e a Dra. Denise, realizam ultra-sonografia no Hospital Evangélico. Segundo a técnica de enfermagem Marilene, não havia enfermeira chefe no Hospital Evangélico no momento.

Segundo a promotoria, todas as denúncias estão sendo investigadas e em breve a população terá uma resposta.