MINEIRO DE CENTRAL DE MINAS MORRE AO SER BALEADO NOS EUA

O mineiro de Central de Minas (MG), Nélio Barbosa, 34, morreu neste domingo (4), no Mass General Hospital, em Boston, dois dias depois de ser baleado enquanto dirigia seu veículo na área de Wonderland Ballroom, em Revere, região de Boston, em Massachusetts/EUA. O crime aconteceu por volta de 17h20 (18h20, horário de Brasília) de sexta-feira (2), um horário de bastante movimento no local.

O atirador, que provavelmente estava em outro carro, deu dois tiros que acertaram o pescoço de Nélio. O mineiro foi socorrido ao Mass General Hospital, em Boston, onde foi medicado. Na manhã de domingo (4), os médicos constataram a morte cerebral do homem, que morreu ao meio-dia.

Continua depois da Publicidade

A polícia do estado de Massachusetts e a polícia da cidade de Revere estão investigando o caso e, segundo a imprensa americana, não descartam que Nélio possa ter sido morto por engano. O jornalista Eduardo Oliveira, que reside em Massachusetts, entrevistou uma irmã de Nélio em seu programa de rádio A Hora da Notícia. Marlene Barbosa disse que falou com o irmão pela última vez no dia 25 de julho e que ele parecia feliz e tranquilo.

No dia do crime, segundo Marlene, um amigo de Nélio viu a reportagem e reconheceu o carro do rapaz. Ele ligou para um primo que procurou o hospital e a polícia, onde confirmou a identidade dele. Nélio era o caçula e o único homem de oito irmãos. Ele perdeu a mãe quando tinha 3 anos e, aos 18, se mudou para os Estados Unidos, onde moravam duas irmãs.

Ele morou em Nova Iorque e, posteriormente, se instalou em Boston, onde abriu uma empresa de envelopamento de veículos. Marlene e a família esperam que testemunhas denunciem o suspeito à polícia, já que o crime aconteceu em horário de bastante movimento no local. O corpo de Nélio deverá ser cremado e as cinzas permanecerão nos EUA.