Mantenópolis: Vereadores recuam e não aprovam projeto que aumenta os próprios salários

Os vereadores de Mantenópolis decidiram em seis votos a um e não aprovaram o aumento dos vereadores para a próxima legislatura . Varly lima e Pedro Colodino  se absterão dos seus votos, Geraldo Magela, foi o voto a favor do aumento.  Já o presidente da câmara, se valeu de seu direito, de não ser abrigado a votar, e não votou exceto se houvesse empate. O vereador Fabrício não compareceu a cessão, segundo o presidente , por motivo de Saúde.  Ficou decidido então, que os seus provimentos, não serão reajustados na legislatura que vem (2013-2016). Atualmente, cada um dos 9 legisladores ganha R$ 3,700 mil mensais e o vencimento dos próximos eleitos permanecerá assim.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

A votação foi em uma sessão ordinária, que contou com a presença de poucos populares no plenário do Legislativo,  incluindo a imprensa local.

Acreditasse que a não presença de populares, seria devido a realização de um outro evento político na cidade.

Apesar de tentarem parecessem como “bonzinhos” por não aprovarem o seus proventos, não podemos esquecer que foram eles que aprovaram o mesmo projeto em primeira votação. Boa parte deles estiveram omissos durante o escândalo que desvendou a corrupção do prefeito afastado Eduardo Alves Carneiro ( PT ). Mas fomos nós,  imprensa , povo, que alcançamos mais essa conquista.

Em suas falas, boa parte , dos vereadores, acharam inoportuno a tramitação do projeto nesse período eleitoral, uma vez que, muitos deles, estão disputando reeleição, caso aprovassem não ficariam bem diante da opinião publica.

Portanto se não fossem as circunstâncias atuais, ou seja o período eleitoral o projeto seria aprovado por unanimidade , como ocorreu na primeira votação. Vale lembrar, que o projeto, antes de ir para a primeira votação, foi assinado por todos os vereadores.