Mantenópolis: Comissão não da parecer em projeto do executivo para a contratação de Médicos e ainda perde praza em outro projetos

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Não foi desta vez que os vereadores votaram os projetos de lei do executivo  que dispõe sobre  contratação de funcionários temporários, inclusive  quatro médicos para atender a saúde da população do município.
O vereador Pedro colodino, relator da Comissão  de Finanças e Orçamento, justificou que marcou uma reunião para ultima quarta-feira mas nem todos os membros compareceram para  analisar se o município terá condições de arcar com esses gastos.Uma outra comissão foi formada e se reunirá, em data ainda indefinida,para a análise dos projetos que foram encaminhados  ás comissões. Pedro Colodino, Fabrício e Varly lima são os  membros dessa comissão. So não sabemos se vão conseguir se reunir, já que o vereador Fabrício, trabalha em outro município. A vontade política terá que prevalecer na opinião  de alguns populares presentes ontem na reunião. PEDRO COLODINO, garantiu  a nossa reportagem que convocará reunião o mais rápido possível,mas segundo rumores, o presidente da Câmara, RAUL DUARTE, não convocará reunião extraordinária. Resta o Executivo e a população aguardar. Na reunião de ontem, houve um inicio de tumulto,  quando o vereador Varly, fez um comentário sobre o senhor VALDEMAR, que trabalha na Secretaria de Agricultura e  é desafeto do nobre Edil, dizendo que espera que  ele tenha melhor desempenho como funcionário da prefeitura, o que não aconteceu com o escritório de contabilidade e como despachante. Que faliram, segundo o vereador. Valdemar se sentiu constrangido e reagiu da assistência, dizendo que iria processá-lo por constrangimento. Houve um bate-boca, e Varly, se fez de vítima e pediu para que o presidente coibisse a manifestação de Valdemar. Raul chegou a chamar a policia e em seguida  a dispensou na que Valdemar saiu  das dependências da Câmara.

Vereadores Jorge Alves ( PDT ) e a Vereadora Elza ( PMN )   afirmam que a intenção da oposição é inviabilizar a administração da atual gestão, tentar ao Maximo prejudicar o prefeito para que não faça os trabalhos para o povo.