Mantenópolis, Alto Rio Novo, Pancas, Barra de São Francisco esta na lista dos 23 municípios que terão vacinas contra a febre amarela

O Estado começa a receber hoje 350 mil doses de vacinas contra a febre amarela. As doses servirão para vacinar moradores de 23 municípios que fazem limite com Minas Gerais.

“Vamos vacinar por precaução”, diz a médica infectologista Martina Zanotti, responsável pelo programa de imunização da Secretaria estadual de Saúde (Sesa).

A médica explicou que o ideal era que os turistas mineiros que estão no Espírito Santo estivessem vacinados contra febre amarela, da mesma forma que capixabas que pretendem ir para áreas de incidência em Minas Gerais.

“Se o mineiro que está no Estado procurar um posto de vacinação, vai receber a vacina. Quem vai para Minas Gerais, tambem”, disse a médica. Além das doses que serão recebidas, as unidades de saúde têm doses da vacina para a demanda diária.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Martina disse também que é fundamental que a localização de macacos mortos seja comunicada aos municípios. Além da vacinação, a população pode se prevenir da febre amarela e de outras doenças evitando a picada do mosquito, com repelentes ou outros recursos.

Onde haverá vacina e os cuidados necessários

Cidades que começam a receber vacina hoje

Água Doce do Norte

Alto Rio Novo

Baixo Guandu

Barra de São Francisco

Brejetuba

Divino São Lourenço

Dores do Rio Preto

Guaçuí

Ibatiba

Ibitirama

Irupi

Iúna

Laranja da Terra

Mantenópolis

Montanha

Mucurici

Pancas

Afonso Cláudio

Ecoporanga

Colatina

Itaguaçu

Governador Lindenberg

Conceição do Castelo

Contraindicações para tomar a vacina

Crianças menores de 6 meses de idade.

Pacientes com imunodepressão de qualquer natureza.

Pacientes infectados pelo HIV com imunossupressão grave.

Pacientes em tratamento com drogas imunossupressoras (corticosteróides, quimioterapia, radioterapia, imunomoduladores).

Pacientes submetidos a transplante de órgãos.

Pacientes com imunodeficiência primária.

Pacientes com neoplasia.

Indivíduos com história de reação alérgica relacionada a substâncias presentes na vacina (ovo de galinha e seus derivados, gelatina bovina ou outras).

Gestantes. A administração deve ser analisada caso a caso na vigência de surtos.

Sintomas

A febre amarela tem sintomas parecidos aos de doenças como dengue e malária: febre alta, vômito, dor no corpo e olhos amarelados. Fonte: Secretaria de Estado da Saúde