Jovem vai à Justiça para conseguir se casar com o assassino de sua irmã gêmea na Argentina

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

casamento de uma jovem com o assassino de sua irmã gêmea está provocando polêmica na Argentina. Edith Casas, de 22 anos, foi à Justiça para conseguir casar com Víctor Cingolani, sentenciado a 13 anos de prisão pela morte da ex-namorada Johana Casas em 2010. As informações são da Agência EFE.

A Justiça autorizou o casamento após realizar exames psicológicos em Edith. No entanto, os pais da noiva são contra a união do casal.

A irmã gêmea de Edith foi assassinada com dois tiros. Víctor garante que é inocente na morte de Johana.