Jorge Donati vai ficar preso em cela especial em presídio de Viana


O prefeito de Conceição da Barra, Jorge Donati, está preso em uma cela especial no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Viana. Ele é acusado de mandar executar o sindicalista Edison Barcelos. O crime aconteceu em 2010.

Informações preliminares davam conta de que o prefeito havia sido preso no aeroporto de Vitória, mas segundo o advogado Homero Mafra, responsável pela defesa do tucano, ele se apresentou pela manhã no Quartel da Polícia Militar, em Maruípe. Mafra afirmou ainda que vai entrar com pedido de liberdade para seu cliente.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

A prisão do prefeito foi decretada na última segunda-feira pelo desembargador Sérgio Bizzoto, que acatou pedido do Ministério Público Estadual. Segundo informações da prefeitura, o tucano estava em Brasília quando a foi decretada a prisão.
O caso
Edson da Silva Barcellos, secretário do Sindicato dos Servidores Municipais de Conceição da Barra (Sindisbarra) foi assassinado com um tiro na testa. O corpo do sindicalista só foi encontrado no dia seguinte, em uma plantação de eucaliptos.

O ex presidente do DEM no município estava com os pés, as mãos e a boca amarrados com uma fita adesiva e os olhos vedados com o mesmo material. A vítima foi rendida quando tirava o carro da garagem.