Informação errada de jovens em posto de gasolina dificultou buscas, justifica PRF

A informação de que os cinco universitários mortos em acidente teriam sido vistos em um posto de Mucuri, na Bahia, dificultou muito as buscas pelos jovens, revelou a Polícia Rodoviária Federal do Espírito Santo (PRF-ES). O local é um pouco depois do ponto do acidente, fato que levou ao erro de planejamento das polícias.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

O inspetor da PRF Walter Mota afirmou que, além disso, a falta de estrutura dificultava ainda mais. “O local é de difícil acesso e o que dificultou a busca foi a informação errada dada anteriormente de que as vítimas teriam sido vistas em um posto do Rio Mucuri lanchando. Então elas se intensificaram dali por diante, as polícias se concentraram naquela região. Não faria sentido fazer buscas antes disso, até porque não temos tantos recursos para fazer isso”, disse.

Segundo o coronel Silva, o carro foi localizado por uma pessoa que passava às margens da rodovia. Uma equipe da Polícia Militar identificou as placas do veículo e confirmou que era o mesmo usado pelos jovens desaparecidos. Um corpo do sexo masculino, já em adiantado estado de decomposição, foi o primeiro a ser resgatado, pois estava fora do veículo.