Idosa infarta e morre ao saber de desaparecimento de família no ES

img-20141202-wa0002_2Uma parente próxima de Katiúcia Freitas Antônio, que morreu após desaparecer com a família ao sair de uma festa em Cariacica, Grande Vitória, no último domingo (30), infartou ao saber do sumiço e morreu no Hospital São Lucas, em Vitória. Dona Neném, como era conhecida, tinha 76 anos e soube da notícia pela televisão.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Por volta das 3h30 do último domingo, a promotora de vendas Katiucia Freitas Antônio, de 35 anos, o marido, o motoboy Deivison Santos, de 33 anos e a filha, Stefanny Renata Freitas, de 14, saíram de uma festa e seguiram para casa, no bairro Joana Darc, em Vitória, de carro, mas chegaram ao destino e não foram mais vistos desde então.

A idosa soube da notícia do desaparecimento e entrou em choque. “Ela viu na TV e infartou. Era tia do irmão da Katiúcia e morava no Morro do Romão. Foi um baque”, contou a irmã de Katiúcia, Katilene Freitas Antônio, 33 anos.

Segundo familiares das vítimas, os corpos da família foram velados e enterrados no Cemitério de Maruípe, em Vitória, na manhã desta terça-feira. Os corpos de mãe e filha, e do marido da promotora de eventos foram enterrados lado a lado na mesma fileira. Muitas pessoas lotaram o cemitério de Maruípe para as ultimas homenagens à família.