Homem assassinado em Mantenópolis conhecia quem o matou

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Para a polícia de Mantenópolis, João Eurico dos Santos, 42 anos, assassinado com disparos de arma de fogo no assentamento do Serginho, nos limites do município de Mantenópolis e São João de Manteninha – MG, já conhecia quem o matou.

De acordo com o depoimento que O.F.D., 48 anos, deu à polícia,  por volta das 22 horas de sábado (31), alguém chamou por João Eurico, quando ele tomava banho e João respondeu “… ai meu Deus, esse homem de novo“, dando a entender que João já sabia quem o chamava

O.F.D era companheira de João Eurico e eles estavam em sua barraca cercada de lona. Segundo ela, nesse momento João Eurico se enrolou na toalha e pegou uma lanterna, saindo para atender o chamado do homem, em seguida, a companheira de João Eurico ouviu três disparos de arma de fogo. Desesperada e sem saber o que fazer, O.F.D. se escondeu debaixo da cama, onde permaneceu até o dia seguinte. A mulher só pediu socorro na manhã de domingo(01).

Com base no depoimento da companheira de João Eurico, a polícia civil iniciou a investigação do crime e acredita que logo o assassino será preso.