Handebol Feminino da Escola Job Pimentel, de Mantenópolis, é campeão dos Jogos na Rede 2013

Depois de quatro dias de intensa competição, os Jogos Na Rede, conheceram seus grandes campeões. Medalhistas ou não, todos os alunos atletas podem ser considerados vencedores, uma vez que demonstraram espírito esportivo, disciplina e respeito ao próximo. A festa de encerramento foi realizada neste sábado (30) e contou com a presença do secretário de Estado da Educação, Klinger Barbosa Alves.

O secretário agradeceu aos professores, diretores, chefes de delegações, superintendentes, equipe de organização e principalmente aos mais de 1.000 alunos atletas que participaram da fase final do evento. Para Klinger, os estudantes foram exemplares. “Hoje o dia é deles. O nosso Estado tem nesses jovens um patrimônio imenso. Com o talento apresentado e toda essa energia, certamente, essa geração renderá um grande futuro”, declarou.

Confira os campeões de cada modalidade:

 Mantenópolis0

Futsal

 

A Escola Emilio Nemer, de Castelo (SRE Cachoeiro de Itapemirim), foi a grande campeã no futsal feminino. O Jogo contra a Escola Antônio José Peixoto Miguel, de Serra (SRE Carapina), foi emocionante e só decidido nos segundos finais. Um gol, faltando dois segundos, deu a vitória às meninas de Castelo por 3×2.

 

Já no masculino, o Colégio Estadual, de Vitória (SRE Carapina) venceu os meninos da Escola Emir de Macedo Gomes, de Linhares, (SRE Linhares), por 3×0. Desde o início da competição, os alunos atletas da Capital eram considerados fortes candidatos a levantar o troféu.

 

Handebol

 

No handebol feminino, o título ficou com a Escola Job Pimentel, de Mantenópolis (SRE Barra de São Francisco). Numa partida em que todos esperavam equilíbrio, as meninas não tomaram conhecimento sobre a Escola Eurico Salles, de Itaguaçu (SRE Colatina), e ganharam por 20 a 4.

Novamente, o time masculino de Castelo levou um troféu para casa. Os meninos da Escola João Bley (SRE Cachoeiro de Itapemirim) faturaram o tetracampeonato seguido ao bater a Escola Emir de Macedo Gomes, de Linhares (SRE Linhares), por 17 a 14.

Vôlei

No vôlei feminino, o título de campeã dos Jogos Na Rede ficou com a Escola Camila Motta, de Alfredo Chaves (SRE Vila Velha), que venceu a Escola Emir de Macedo Gomes, de Linhares (SRE Linhares) por 2 sets a 0.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

No masculino, a partida foi muito mais disputada. No tie break, quem ficou com o título foi a equipe da Escola Arnulpho Mattos, de Vitória (SRE Vitória), que venceu a Escola Waldemiro Emerly, de Rio Novo do Sul (Ser Cachoeiro de Itapemirim), por 2 sets a 1.

Basquete

A definição do basquete foi na sexta-feira (29). No feminino, a Escola Monsenhor Guilherme Schmitz, de Aracruz (SRE Carapina), venceu a Escola Teófilo Paulino, de Domingos Martins (SRE Afonso Cláudio), por 22 a 11. Entre os rapazes, a Escola Fernando Duarte Rabelo, de Vitória (SRE Carapina), derrotou a Escola Dom Daniel Comboni, de Nova Venécia (SRE Nova Venécia), por 54 a 24.

Atletismo

As finais do atletismo ocorreram no Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), em Vitória. Os 180 finalistas competiram 20 provas nas modalidades esportivas, tais como corrida de 100, 200, 400, 800 e 1,5 mil metros, revezamento 4x 100, arremesso de peso, lançamento de disco, salto em distância e salto em altura.

Xadrez

Movimentando peça após peça e tentando tirar a concentração do adversário, cinco atletas masculinos e femininos participaram dos duelos que mais exigiam nível intelectual. No masculino, o troféu ficou com o aluno Jairo Schieffelbein Júnior, da Escola Graça Aranha, de Santa Maria de Jetibá.No feminino, a conquista foi para Vila Velha. A aluna Patrícia Pereira, da Escola Godofredo Schneider, superou facilmente as concorrentes.

Atividades Culturais

Nem só de competições vivem os Jogos na Rede. Além das atividades esportivas, os alunos puderam participar de diversas atividades culturais como apresentações musicais, oficinas de foto, oficina de vídeo, oficina de slackline, danças, exposições, entre outras.

Na Rede

 

Os Jogos Na Rede são uma ação esportiva e cultural entre os estudantes do ensino médio das escolas da rede estadual de ensino. Tem como objetivo possibilitar aos alunos a prática de atividades esportivas e culturais, numa perspectiva da cultura corporal do movimento.

Com o objetivo de ampliar e sistematizar os conhecimentos dos jovens estudantes sobre as diversas linguagens artísticas e esportivas, a ação visa também sua formação para a cidadania.

Em 2013, mais de 17 mil alunos atletas, dos 78 municípios capixabas, participaram da 6ª edição dos Jogos Na Rede. A iniciativa integra o Eixo II “Desenvolvimento da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer”, do Plano Estratégico do Governo do Estado do Espírito Santo 2011-2014.