Grupo pede apoio para livrar menores de vício de drogas

Comissão Interinstitucional do Sistema Socioeducativo do Espírito Santo vai encaminhar ofício à Coordenação Estadual sobre Drogas solicitando que seja feito estudo para melhorar o atendimento a crianças e adolescentes que necessitam de tratamento de saúde mental, provocados pelo vício em drogas.

A decisão pelo encaminhamento do pedido de ajuda foi tomada na reunião que a Comissão Interinstitucional do Sistema Socioeducativo do Espírito Santo realizou nesta segunda-feira (13) no Salão Nobre do Tribunal de Justiça.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Na reunião, integrantes de entidades vinculadas da Rede de Proteção do Menor do Espírito analisaram denúncias de que tem se tornado cada vez mais comum a prática de tentativas de suicídio e automutilação nas unidades de internação do Espírito Santo.

“Precisamos que a Coordenação Estadual sobre Drogas interfira nessas situações e ajude a encaminhar esses meninos e meninas para tratamento médico. Além dos problemas da automutilação e das tentativas de suicídio, eles necessitam de tratamento médico para se recuperar do vício das drogas”, pediu a coordenadora das Varas de Execuções Penais do Tribunal de Justiça, juíza Janete Pantaleão.

Na reunião, os integrantes da Comissão Interinstitucional do Sistema Socioeducativo do Espírito Santo decidiram também cobrar do Iases todas as informações pertinentes aos adolescentes em conflito com a lei, que cumprem medidas em meio fechado nas unidades de internação do Estado.

A Comissão quer saber a data da chegada do adolescentes; se ele se envolveu em algum  conflito na unidade; se se queixou de ter sido agredido por algum colega ou agente; se foi encaminhado a exames de lesões corporais em caso de ter sido agredido ou ter se envolvido em algum conflito.