Estudantes fazem apitaço, cantam hino nacional e marcham contra a corrupção em Vitória

Duzentos e cinquenta manifestantes, segundo estimativa da Guarda Municipal, participaram da Marcha Contra a Corrupção em Vitória, na tarde desta terça-feira (15). A manifestação, organizada por redes sociais na internet e que mobilizou estudantes em outras capitais do país, levantou bandeiras como o voto aberto no Congresso Nacional e o fim do foro privilegiado aos parlamentares.

O protesto ocorreu na Zona Norte, começou por volta das 15h40 no Pier de Iemanjá, na Orla de Camburi, e seguiu na forma de passeata. A mobilização foi encerrada na Avenida Américo Buaiz, na sede do Poder Legislativo.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Em frente à Assembleia Legislativa os manifestantes fizeram ato público com carro de som e dispersaram após mais de uma hora de caminhada iniciada na Avenida Dante Michelini, na Praia de Camburi.

Os estudantes estavam com carro de som, cartazes, faixas, apitos, narizes de palhaço e máscaras. Além de fazer muito barulho, ocupando duas das três faixas no sentido Zona Norte-Centro, nas três avenidas por onde passaram, os jovens cantaram o hino nacional em um trecho do protesto, em frente à Praça dos Namorados, na Praia do Canto.

Por onde passava a marcha chamava atenção de curiosos, principalmente de quem estava em pontos de ônibus e que não entendiam bem o que estava acontecendo. Viaturas da Guarda Municipal acompanharam todo o trajeto dos estudantes e orientaram o trânsito para os motoristas, principalmente nos cruzamentos ao longo da Avenida Saturnino de Britto, a via que foi mais prejudicada por estar entre os locais de início e fim da manifestação.