Entregador de gás cai em emboscada e morre com mais de 20 tiros

No local foram encontradas 44 cápsulas de pistolas 9 milímetros, pistola 380 e pistola ponto 40

pli050414na1408_min_fff-1337904
O entregador de gás Diedis Rodrigues Crivelario foi assassinado a tiros na manhã deste sábado (5), no bairro Alzira Ramos, em Cariacica.
Diedis – que não teve a idade confirmada pelos parentes e amigos que estavam no local – foi morto enquanto trabalhava com mais de 20 tiros. A polícia acredita que ele tenha sido vítima de uma emboscada. Entretanto, nenhum suspeito foi preso.
O crime ocorreu por volta das 8h30. De acordo com investigadores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Diedis estava trabalhando quando uma pessoa ligou pedindo que ele entregasse um gás na Rua São Francisco.
Diante do pedido, o entregador de gás seguiu até a rua com a moto que utilizava para trabalhar até a rua. Até que, ao chegar no local, foi surpreendido pelos disparos.
Ao ser baleado, Diedis caiu da moto e morreu na hora. Os policiais não tiveram informações sobre quantas pessoas teriam participado do crime e como elas fugiram. Entretanto, ressaltaram que no local foram encontradas 44 cápsulas de pistolas 9 milímetros, pistola 380 e pistola ponto 40.
Havia poucos familiares de Diedis no local. Segundo a dona de casa Reni de Oliveira, 34, a maioria deles teve que ser levada para o hospital, porque passou mal ao saber da morte do entregador de gás.
Já moradores e amigos de Diedis acompanharam todo trabalho da Polícia Civil e frisaram que ele não tinha problemas com ninguém do bairro e não tinha envolvimento com drogas. Ele também não tem passagem pela polícia.
O caso será investigado pela Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de Vila Velha.