Edital para inscrição de trabalhos científicos da 2ª Feira de Ciências e Engenharia é prorrogado

Vitória irá receber e expor projetos inovadores e trabalhos científicos de robótica, sustentabilidade, química, astronomia e demais campos do conhecimento. Mas não falamos de cientistas, mestres e doutores em laboratórios de alta tecnologia. Falamos dos pequenos e jovens cientistas do Estado e das suas salas de aula. Estes são os grandes pesquisadores que estarão com a Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Trabalho (Sectti) e com a Secretaria de Educação (Sedu) na 2ª Feira de Ciências e Engenharia.

 

Realizada durante a 10ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia (Semana CT), a Feira está com o prazo de inscrição dos trabalhos prorrogado até o dia 10 de setembro, visando dar mais tempo para a elaboração dos projetos. O evento vai acontecer na Praça do Papa em Vitória de 22 a 25 de outubro, durante a 10ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia.

 

A professora de química da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professora Filomena Quitiba de Piúma, Chirley de Fátima Soyer ressalta a importância dos alunos participarem de projetos como esse. “A Feira de Ciências e Engenharia oportuniza novas experiências, despertando o aluno para projetos além da escola. Ano passado coordenei um grupo de alunos que produziram um sistema para captar águas fluviais com garrafas pet. Uma forma barata de aproveitamento sustentável da água e da própria garrafa, que é destinada a uma utilidade nova. O projeto além de apresentado na 9ª Semana CT, foi mostrado para a comunidade do município, envolvendo ainda mais os alunos”.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

“Uma experiência única”. É desta forma que a aluna da 3ª série do ensino médio da escola Gisela Salloker Fayet de Domingos Martins, Ana Paula Tschaen, 17, descreve a participação na Feira. “Conviver com outras pessoas, apresentar o nosso trabalho e ver tantos outros é muito interessante. Eu e meu grupo pesquisamos muito para por todo o conhecimento que possuíamos em prática no trabalho, que tratava do aproveitamento do subproduto de destilarias de aguardente. Antes o lixo era jogado em encostas e rios e agora pode ser utilizado para adubar o solo. Criamos cartilhas orientando os produtores rurais desse benefício e dos males que o descarte irregular causa ao meio ambiente. Para este ano já estamos elaborando um novo projeto para participar da 2ª Feira de Ciências e Engenharia”, conta Ana Paula.

 

Além de escolas públicas (Municipal, Estadual e Federal), este ano também poderão participar as escolas da rede privada de ensino fundamental e médio do Espírito Santo. O público-alvo são alunos da 7º e 8º séries, 8º e 9º ano do ensino fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os estudantes poderão formar grupos de até três participantes, sob orientação de um professor. Ao todo serão selecionados 60 projetos de todo o Estado e os melhores colocados durante a Feira serão premiados.

 

As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas pelo professor orientador do projeto. Para se inscrever basta acessar o site www.semanaestadualct.es.gov.bre preencher os campos para submissão de projetos e informações dos alunos e professores.