Duas adolescentes mortas a tiros e outras duas baleadas, na Serra

Duas adolescentes morreram e outras duas acabaram baleadas, na noite de sábado (17), no Residencial Lagoa, em Jacaraípe, na Serra. Elas estavam em casa, quando dois homens invadiram a residência atirando contra as jovens.

O crime ocorreu por volta das 22 horas, na Rua Santos, número 59. Raíssa da Silva Santos, 16 anos, e a amiga dela, Juliane Alexia Rodrigues de Melo, 17, estavam na casa, na companhia de outras duas garotas – de 15 e 17 anos.

Raíssa e Juliane morreram na hora. Uma delas foi atingida por quatro tiros. A outra, por três disparos. Já a adolescente de 15 anos levou um tiro de raspão no braço. A garota de 17 foi baleada na perna. Elas foram socorridas e levadas para o Hospital Infantil, em Vitória.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Leia mais notícias do minuto a minuto

Segundo informações da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), as quatro adolescentes estavam em casa – apenas um cômodo alugado por elas – quando ouviram alguém chamar no portão.

Quando uma das meninas abriu a porta para ver quem era, viu dois homens armados, que invadiram o cômodo. Sem dizer nada, um deles atirou nas quatro vítimas.

Após os disparos, os dois assassinos fugiram correndo pela rua e entraram em um matagal,  em direção ao bairro Costa Dourada.

“Ouvimos entre oito e 10 tiros. Cheguei a pensar que eram fogos. Mas, logo depois, ouvimos as duas meninas que sobreviveram gritarem, pedindo socorro”, contou um morador do bairro. Peritos criminais da Polícia Civil recolheram cinco capsulas de pistola calibre 380 no local do crime.