Deputados podem manter horário de sessões por conta da TV Assembleia

Preocupados em não aparecer mais nas transmissões ao vivo da TV Assembleia, durante as segundas e terças-feiras, alguns deputados estão repensando a proposta do deputado estadual Sérgio Borges (PMDB) de mudar o horário das sessões das 15 horas para às 09 horas. Atualmente esse horário é fixo nas quartas-feiras. Na última semana a proposta ganhou a assinatura de 24 parlamentares que estavam no plenário.

Apenas três não assinaram na ocasião: Cláudio Vereza (PT), Gildevan Fernandes (PV) e Gláuber Coelho (PR). Vereza levantou o questionamento quanto a transmissão das sessões da TV Assembleia. Além disso, o petista acredita que haverá um esvaziamento do quórum nas comissões permanentes. Após a ponderação de Vereza quanto a TV Assembleia, alguns parlamentares que assinaram a proposta, como o democrata Rodney Miranda, admitem repensar o apoio de mudar os horários das sessões.

“Eu assinei, mas com essa questão da TV Assembleia agora eu estou na dúvida. Acho que é um canal que não podemos desprezar. Pelo o que tenho ouvido dos deputados, a tendência é que permaneça como está”, disse Rodney.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

O deputado Gildevan Fernandes é declaradamente contra o projeto. Segundo ele, a mudança de horário prejudica os deputados do interior do Estado que geralmente retornam para Vitória nas segundas pela manhã.

“A Casa tem outras questões mais importantes para debater. Mudar o horário das sessões só vai prejudicar o deputado do interior. No meu caso, teria que retornar para Vitória aos domingos a noite ou segunda de madrugada. Como fica a família? É uma mudança completamente desnecessária”, disse.


Os deputados Atayde Armani (DEM) e Gilsinho Lopes (PR) disseram que a possibilidade de esvaziar uma Comissão vai depender da conduta do deputado. Eles são a favor da mudança de horário. Segundo Gilsinho o deputado que vai às sessões de Comissão pela manhã pode ir tranquilamente à tarde, se realmente tiver compromisso com o trabalho.

Autor da proposta, Sérgio Borges afirma ser lamentável a preocupação dos colegas com as transmissões ao vivo da TV Assembleia. As sessões de segunda e terça poderão ser gravadas e transmitidas a tarde, como já acontece nas quartas-feiras.

A mudança de horário, segundo Sérgio Borges, foi pensada para que o deputado tenha mais tempo de atender lideranças do interior e também conseguir agendar reuniões com secretários de governo. Segundo ele, é difícil agendar encontro com secretários na parte da manhã.