Cientistas descobrem substância que pode apagar memórias ruins

A curcumina, um composto encontrado no açafrão, que pode ter efeitos protetores contra as doenças neurodegenerativas, poderá um dia ajudar as pessoas com transtorno de estresse pós-traumático a esquecerem as lembranças ruins.
sp

O estudo feito por pesquisadores da Hunter College e do Centro de Pós-Graduação da Universidade de Nova York alimentou ratos com ração normal e outra enriquecida com curcumina. Submetidos a testes que envolviam medos, como sons angustiantes e pancadas no chão, os cientistas passaram a analisar o cérebro dos animais para ver se existiu modificação a partir da ingestão do elemento.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Eles descobriram que os ratos que comiam alimentos com a curcumina demoravam mais tempo para resgatar a memória do medo, sugerindo que o composto teve um papel positivo em atenuar as más lembranças.

— A curcumina, efetivamente, impediu a reconsolidação da memória do medo, e o efeito foi de longa duração — afirmou Glenn Schafe, coautora do estudo e professora do departamento de psicologia da Hunter College.

Não se pode concluir que os efeitos ocorridos em ratos também façam efeito em humanos mas a pesquisa permite novos levantamentos para que isto possa ser comprovado ou não.