Chinesa que sempre era confundida descobre que tem irmã gêmea idêntica

A chinesa Bao Lulin, de 24 anos, passou três anos sendo confundida com outra pessoa, fato que a deixava bastante intrigada. Ela atuava como garçonete em Guizho, no sul da China, e os desconhecidos sempre perguntavam sobre o trabalho dela na Província de Fujian. Outros questionavam porque ela não os tinha reconhecido.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Foi então que, em 2009, Bao decidiu procurar sua sósia misteriosa. Em outubro passado, quando ela foi mais uma vez confundida, arrumou um jeito de conseguir o endereço. Ao visitar o endereço, ela descobriu que tinha uma irmã gêmea, Yanfei. Elas foram separadas nascimento, e cada uma foi adotada por uma família. Yanfei ficou chocada. “Eu senti que eu estava olhando para o espelho”, contou. Já Lulin acrescentou: ‘Parecia que a gente se conhecia há anos e anos”.

Mas, segundo o “Daily Mail”, há muitas semelhanças entre as irmãs. As duas se casaram em 2007, com maridos chamados Bin, e seus filhos também parecem idênticos. Elas têm a mesma voz, mesma personalidade amigável, compartilham uma série de passatempos, têm estilo semelhante de se vestir e gostam dos mesmos alimentos. Elas ainda têm uma cicatriz de um machucado de quando tinham seis anos.

Na China, há a política de um filho, e os meninos são mais valorizados porque eles carregam o nome dos ancestrais e passam a herança da propriedade para os filhos. Por isso, muitas meninas são abandonadas. Gêmeos, no entanto, estão isentos da política.