Cesta alimentar padrão do capixaba registra inflação de 11,35% no ano, mostra pesquisa

cesta_basica__3bedadecccAlém da recente alta no preço dos combustíveis, o capixaba também vai gastar mais nas compras de supermercado. De acordo com a pesquisa de Índice de Preço das Cestas Alimentares (IPCA), desenvolvida pelo Centro de Estudos e Análises Econômicas (CEAE) da Fucape Business School, a Cesta Alimentar Padrão apresentou inflação de 2,76% em dezembro de 2012, passando a custar R$ 120,95. Considerando o ano (dezembro de 2011 a dezembro de 2012), a inflação registrada é de 11,35%.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

A pesquisa leva em consideração outros três grupos alimentares, além do padrão: o light, o vegetariano e o top, com produtos de maior valor aquisitivo. Considerando o resultado anual, a cesta que apresentou maior grau de inflação foi a vegetariana, com 16,83%. A cesta alimentar light apresentou inflação anual de 7,81% e a top de 5,06%. No geral, a pesquisa constatou que IPCA de dezembro de 2011 a dezembro de 2012 registrou inflação de 5,84%.

De acordo com o economista e coordenador da pesquisa, Cristiano M. Costa, “a alta no preço dos alimentos de 2011 para 2012 se deu devido ao forte aumento do preço dos grãos, arroz e feijão, e também da soja, que afetou o frango e os ovos. A cebola, batata e o tomate também subiram muito de preço e virtude das chuvas”.  Ainda de acordo com o economista, “a expectativa para 2013 é de que o aumento do preço dos alimentos não seja tão elevado quanto em 2012, ficando na faixa de 8%. Vai depender muito do que acontecer com o preço da carne”, ressaltou Costa.