Câmara de Aracruz empossa suplente e já conta com sete parlamentares

Depois da prisão de quatro vereadores e afastamento de outros três, a Câmara Municipal de Aracruz, no Norte, deu posse nesta quinta-feira (22), às 15h, ao suplente Valdecir Covre (PSB). Ontem, Carlos Alberto Vieira (PDT) e Agnaldo Conceição de Jesus (PRTB), conhecido como Irmão Agnaldo, também foram reconduzidos ao cargo.

Já o suplente Paulo Sérgio da Silva Neres (PMN) entrou com um ofício na Câmara pedindo prazo de 15 dias para avaliar a convocação e decidir se assume ou não a vaga.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

A turbulência na Câmara de Aracruz começou na última quinta-feira, com a prisão do vereador Gilberto Furieri (PMDB). Quatro dias depois, foram presos Jocimar Rodrigues Borges, mais conhecido como Manego (PSB), Ozair Coutinho Gonçalves Auer (PMDB) e Orvanir Pedro Boschetti (PMDB).

A operação do Ministério Público do Espírito Santo (MPES) também resultou no afastamento dos vereadores Ronis do Devens (PDT), Paulinho da Vila (PT) – que já estavam fora do cargo e tomariam posse na segunda-feira – e Luciano Frigini (PSD). As investigações do MPES apontam suspeitas de fraude em licitações, rachid e contratação de funcionários fantasma.