Assassinos e sequestradores fogem de presídio de segurança máxima

Seis bandidos de alta periculosidade fugiram na madrugada desta segunda-feira (09) do presídio de Segurança Máxima II de Viana. Entre os foragidos estão criminosos que cumprem pena por homicídio, sequestro e roubo. A Secretaria Estadual de Justiça ainda não sabe como os internos conseguiram fugir.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Em ordem, da esquerda para a direita: André Saroa (roubo, formação de quadrilha), Francisco de Assis de Oliveira Garcia (roubo, formação de quadrilha, falsidade ideológica), Everson Dalpra Rosa (Receptação, sequestro), Gilberto Vieira da Silva (Roubo), Ivaney Rocha Ferreira (3 homicídios) e Ronivaldo do Rosário (Roubo).

Em nota, o secretário Ângelo Roncali informou que um procedimento administrativo já foi aberto para apurar as circunstâncias da fuga. A corregedoria vai ouvir funcionários da unidade e recolher imagens do circuito interno de TV. Os foragidos são: André Saroa, Everson Dalpra Rosa, Francisco de Assis de Oliveira Garcia, Gilberto Vieira da Silva, Ivaney Rocha Ferreira e Ronivaldo Gomes do Rosário. 

Entre os fugitivos, Everson Dalpra Rosa foi apontado pela polícia como o autor do assassinato do soldado reformado da PM Flávio Antônio Geisen, morto em 2009. Ele ainda cumpre pena por sequestro. Quem também conseguiu escapar foi André Saroa. Ele participou do assalto ao posto de combustíveis e ao supermercado da família Peterle, em Domingos Martins, em 2008, que culminou com o assassinato do proprietário do estabelecimento Rildo Arcanjo Peterle.

Outro foragido, Ivaney Rocha Ferreira, é apontado pela polícia como traficante perigoso da Grande Goiabeiras, em Vitória. Antes de ser preso ele era procurado pela polícia por integrar uma quadrilha contratada por um presidiário para matar policiais militares.

A Secretaria de Justiça pede a quem tiver informações sobre os foragidos que entrem em contato com o Disque-Denúncia pelo telefone 181.