Assassino inocenta prefeito de Conceição da Barra de crime de mando

O foragido da Justiça, Vitor Silva Ferreira confessou à Polícia Civil que assassinou Mateus Ribeiro dos Santos por vingança. Mateus era a principal testemunha do assassinato do sindicalista Edson José dos Santos Barcelos, crime pelo qual o prefeito de Conceição da Barra, Jorge Donati (PSDB), é apontado como mandante. “Vitor diz que nunca teve contato algum com Donati”, informou o titular da Delegacia de Crimes Contra à Vida (DCCV) de Linhares, delegado Fabrício Lucindo.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Apesar da confissão do acusado, a polícia continua suspeitando de crime de mando, de acordo com o delegado. Fabrício Lucindo pretende tomar o depoimento de três testemunhas, na próxima semana, na terça (22) e na quinta-feira (24). Vitor Ferreira foi preso nesta sexta-feira (18) em uma operação policial no balneário de Guriri, em São Mateus.

Segundo o preso, Mateus Ribeiro seria o autor do assassinato do pai de Vitor, crime que teria ocorrido há mais de 20 anos. A DCCV de Linhares não tem informações deste inquérito, que possivelmente estaria arquivado depois de prescrever, conforme informações do delegado. Vitor também acusou Mateus de ter assassinado um primo dele, Adriano Barros, no ano de 2005.