As mais incríveis cidades perdidas!

Uma cidade torna-se “perdida” quando é abandonada por seus habitantes e deixada para se decompor. Isso pode ser o resultado da guerra, da migração, ou desastre natural, mas em cada caso, essas cidades podem atuar como uma espécie de cápsula do tempo, deixando uma civilização congelada na história e à espera de ser descoberta. Embora muitas dessas cidades foram realmente redescobertas, outros nunca foram encontradas e assumiram o status de lenda. Seja real ou mítica, são as seguintes as 10 cidades perdidas que mais capturaram a imaginação de historiadores, arqueólogos e aventureiros. Confira abaixo!

cidade1

 

10. A Cidade dos Césares

cidade1

 

Também conhecida como a Cidade Errante e da Cidade da Patagônia, A Cidade dos Césares é uma cidade mítica que acredita-se ter sido localizado no extremo sul da América do Sul, na região conhecida como Patagônia. A cidade nunca foi encontrada e, nesse ponto, é considerada mais lenda do que qualquer coisa, mas no seu tempo foi bastante procurada pelos exploradores coloniais. É dito que ela foi fundada por sobreviventes de um naufrágio espanhol, e acreditava-se possuir grandes quantidades de ouro e jóias. Ao longo do tempo, uma série de lendas se formaram em torno da Cidade dos Césares, com alguns dizendo que ela foi povoada por gigantes de 10 metros de altura, e outros alegando que era uma cidade de fantasmas que podem aparecer e desaparecer à vontade.

 

 

9. Tróia

cidade2

Famosa nos poemas épicos de Homero, Tróia era uma cidade que já era lendária com sua localização na Turquia moderna. Mais conhecida por ser o local da Guerra de Tróia, a antiga Tróia era uma cidade fortemente fortificada que estava em uma colina perto do rio Escamandro. A sua localização costeira permitia também ser um poder naval, e as planícies próximas faziam com que Tróia tivesse uma excelente terra para a agricultura. Tróia foi por muito tempo considerada um mito, até que foi escavada em 1870 por Heinrich Schliemann, que descobriu que havia, na verdade, várias cidades no sítio arqueológico, que ao longo dos anos foram sendo construídas uma em cima da outra. Apesar de ter sido uma vez um centro de poder, o local moderno da escavação de Tróia hoje é relativamente inexpressivo, resultado de anos de escavações e saques freqüentes por turistas.
8. A cidade perdida de Z

cidade3

Supostamente localizada nas profundezas das selvas do Brasil, a cidade perdida de Z era supostamente uma civilização avançada, com uma sofisticada rede de pontes, estradas e templos. Especulações sobre Z começaram depois que um documento foi encontrado em que um explorador Português insistiu que ele tinha visitado a cidade em 1753, mas de outra forma nenhuma evidência de sua existência jamais foi descoberta. A cidade de Z é a mais famosa a atrair o interesse do explorador Percy Fawcett, que desapareceu em 1925 sem deixar vestígios, enquanto buscava a cidade, e ao longo dos anos uma série de outros aventureiros morreram ou desapareceram, enquanto buscavam a misteriosa Z. Nos últimos anos, uma cidade conhecida como Kuhikugu foi descoberta na Floresta Amazônica, que mostra evidências de fortificações sofisticados e de engenharia, levando muitos a especular se ela poderia ter sido a fonte da lenda da cidade de Z.
7. Petra

cidade4

Indiscutivelmente a mais bela de todas as cidades na lista, Petra na Jordânia está localizada perto do Mar Morto e acredita-se ter sido uma vez o centro do comércio de caravanas nabateia. Sua característica mais marcante é a sua arquitetura de pedra requintada, que é esculpida em rochas das montanhas circundantes. Isso ajudou a tornar Petra uma cidade naturalmente fortificada quando foi estabelecida como um capital em 100 aC, e as evidências sugerem que ele apresentava muitos outros avanços tecnológicos como barragens e cisternas, o que ajudou os habitantes a canalizar as enchentes da região e armazenar água para uso em tempos de seca. Depois de centenas de anos de prosperidade, a cidade entrou em declínio depois que os romanos conquistaram a região, e em 363 dC um terremoto destruiu vários dos seus edifícios, aleijando sua infra-estrutura. Petra foi abandonada, e ficou durante anos no deserto como uma espécie de curiosidade, antes de ser revelada para o mundo em geral em 1812 por um explorador suíço. Ela é também o cenário de um dos filmes de Indiana Jones além de esconder mistérios sobre a Arca da Aliança e dos Cavaleiros Templários.
6. El Dorado

cidade5

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Uma das mais famosas de todas as cidades lendárias, El Dorado era um império mítico supostamente encontrado nas selvas da América do Sul. Literalmente significa “O Dourado”, em espanhol, a cidade era dita ser liderada por um rei poderoso e que mantinha riquezas incalculáveis ??de ouro e jóias. No tempo dos conquistadores, a cidade era um assunto de fascinação constante, e várias expedições desastrosas foram lançados em busca dela. O mais famoso deles foi liderado por Gonzalo Pizarro, que em 1541 liderou um grupo de 300 soldados e vários milhares de índios na selva em busca de El Dorado. Eles encontraram nenhuma evidência da cidade ou de seus tesouros, e depois que o grupo foi dizimado por doenças, fome e ataques de nativos, a expedição foi abandonada.
5. Memphis

cidade6

Fundada em 3100 a.C., Memphis foi a capital do antigo Egito, e serviu como centro administrativo da civilização por centenas de anos antes de ser abandonada com o surgimento de Tebas e de Alexandria. No seu auge, Memphis devia ter uma população de mais de 30.000 pessoas, o que a teria tornado a maior cidade da antiguidade. Ao longo dos anos, a localização de Memphis perdeu-se, e era um assunto de muito debate entre os arqueólogos antes de ter sido redescoberta por uma expedição de Napoleão Bonaparte no final de 1700, e foi assim que a esfinge da cidade, estátuas e templos foram pela primeira vez seriamente estudados. Infelizmente, as pedras das ruínas tinha sido apropriadas para construir assentamentos próximos, e muitas partes importantes do sítio arqueológico permanecem perdidos para historiadores.
4. Angkor

cidade7

A região de Angkor no Camboja serviu como centro de poder do Império Khmer, de 800 A. C. até o século XV. A região foi abandonada depois de um lento declínio que terminou com a invasão por o exército Tailandês em 1431, deixando a cidade e seus milhares de templos budistas a serem engolidos pela selva. A cidade estava relativamente intocada até 1800, quando um grupo de arqueólogos franceses começaram a estudá-la e restaurá-la. Angkor e seus arredores, que rivaliza com Los Angeles em tamanho, desde então, foi reconhecida como a maior cidade pré-industrial do mundo, e seu famoso templo de Angkor Wat é comumente considerado o maior monumento religioso na existência.
3. Pompéia

cidade8

A cidade romana de Pompéia foi destruída no ano 79 depois do vulcão Vesúvio entrar em erupção nas proximidades enterrando toda a comunidade com uma camada de 60 metros de cinzas e rocha. A cidade tinha na época estimadamente 20.000 habitantes, e foi considerada um dos melhores pontos turísticos da alta classe da sociedade romana. Após a erupção, as ruínas ficaram 1.700 anos intactas antes de serem acidentalmente redescobertas em 1748 por operários construindo um palácio para o rei de Nápoles e desde então Pompéia tem sido a fonte de escavações constantes por arqueólogos. Ironicamente, a devastação causada pelo Vesúvio também ajudou a preservar a arquitetura da cidade, que junto com afrescos e esculturas incontáveis??, ajudaram a tornar Pompéia uma parte fundamental de compreensão historiadores modernos de vida na Roma antiga.
2. Atlântida

cidade9

Hoje é bastante fácil de escrever que Atântida foi nada mais do que um mito, mas esta lendária cidade tem sido uma fonte de especulação desde que o primeiro filósofo Platão escreveu sobre isso em 360 a. C.
Descrito por Platão como uma civilização avançada e poder naval formidável, Atlântida era conhecida por ter conquistado grande parte da Europa antes de afundar no mar como resultado de algum tipo de desastre ambiental. Embora a história de Platão é vista pela maioria como uma obra de ficção, a sua descrição de uma civilização tecnologicamente anos à frente de seu tempo tem capturado a imaginação de inúmeros autores e futuros aventureiros, e tem havido numerosas expedições lançadas em busca da cidade. Talvez o mais famoso ocorreu no início da Segunda Guerra Mundial, quando os nazistas supostamente organizaram uma viagem para o Tibete com a esperança de encontrar restos de cultura Atlânteana.
1. Machu Picchu

cidade10

De todas as cidades perdidas que foram encontradas e estudadas, talvez nenhuma seja mais misteriosa do que Machu Picchu. Isolada perto do vale de Urubamba, no Peru, a cidade nunca foi encontrada e saqueada pelos conquistadores, e não foi vista até o historiador Hiram Bingham a ter visitado em 1911 tornando-a assim conhecida na região.
A cidade é dividida em distritos, e ela é caracterizada por mais de 140 diferentes estruturas delimitadas por muros de pedra polida. Diz-se ter sido construído em 1400 pelos incas e abandonada menos de 100 anos mais tarde, provavelmente quando sua população foi dizimada pela varíola trazida da Europa.
Tem havido muita especulação sobre o real propósito de Machu Picchu, bem como por que os incas escolheram construí-la em um local tão estranho. Alguns disseram que era algo como um templo sagrado, enquanto outros defenderam que era usado como uma prisão, mas as recentes pesquisas sugerem que provavelmente Machu Picchu era uma propriedade pessoal do Imperador Inca Pachacuti, e sua localização fora escolhida porque as montanhas eram um lugar proeminente na mitologia astrológica Inca.