Após 15 dias preso, prefeito de Conceição da Barra é solto do presídio de Viana

Jorge Donati foi solto nesta tarde. Ao deixar a prisão, ele informou que iria direto para a cidade de Conceição da Barra

O prefeito de Conceição da Barra, Jorge Donati (PSDB), foi solto do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Viana na tarde desta quarta-feira (15) após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) expedir um habeas corpus, na noite dessa terça-feira. Ele estava preso desde 31 de janeiro, sob acusação de ser o mandante da morte de um sindicalista e ameaçar testemunhas. Ao deixar a prisão, Donati informou que iria direto para Conceição da Barra.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

O presidente da Câmara de Conceição da Barra, Ângelo Cesar Figueiredo, informou que, assim que Donati voltar ao município, ele reassumirá o comando da cidade, sem que haja nova posse na Câmara. A vice-prefeita Adélia Marchiori é quem está no comando do município. Ela assumiu oficialmente a chefia do executivo seis dias após a prisão de Donati.


Donati teve a prisão preventiva decretada pela Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), na tarde de 31 de janeiro. Ele é acusado de ser o mandante do assassinato do sindicalista Edson José dos Santos Barcelos.

Barcelos era secretário do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Conceição da Barra (Sindisbarra) e presidente do DEM no município. Ele foi encontrado morto no dia 6 de julho de 2010, com um tiro na testa, em uma plantação de eucalipto.