Anvisa suspende venda de 9 remédios fitoterápicos

A Anvisa publicou na edição desta quarta-feira (14) no Diário Oficial da União a suspensão de nove produtos e medicamentos fitoterápicos. A argumentação é falta de qualidade e de registro na Agência.

A suspensão é definitiva e tem validade imediata após divulgação da medida no Diário Oficial. As pessoas que já tiverem adquirido algum produto dos lotes suspensos devem interromper o uso.

Também foi publicada a interdição cautelar de quatro produtos alimentícios.

Confira as suspensos e interdições:

Chá Sete Ervas (130g), da Rouxinol – O produto não possui registro na Anvisa. Usado para obesidade, colesterol, celulite e gordura localizada

Flor da Índia (xarope 500 ml), da Nutri Plantas – O produto não possui registro na Agência. Usado para cólica de fígado ou rins, prisão de ventre e dor de cabeça

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Flor do Sertão (xarope 500ml), da Elis Natu’s – O produto não possui registro na Anvisa. Usado para hepatite, úlcera gástrica, pedras na vesícula e ácido úrico

Flor da Catingueira (500 ml), da Bonature – O produto não possui registro na Agência. O produto é fonte alternativa de vitamina C, com extratos de plantas

Umburana composta (500 ml) – O produto não possui registro na Anvisa. Tratamento de infecções nos rins,
fígado e vesícula

Nutri Plantas (500 ml), da Nutri Plantas – O produto não possui registro na Agência. Usado para úlcera, azia, boca
amarga e dores gástricas

Folha Santa (200 ml), da Natureza Viva – O produto não possui registro na Anvisa. Usado para derrames (AVC), palpitações no coração e indicado como “tônico do coração

Elixir de Pai João (250 ml) – O produto não possui registro na Agência. Usado para dores de barriga, impotência sexual e perda de memória

Tayu Caroba (250ml) – O produto não possui registro na Anvisa. Eliminação de cravos, espinhas, tumores
e feridas crônicas