Adolescente mata homem que tentava furtar carneiros de fazenda em Viana

Um adolescente de 17 anos confessou ter executado um homem de 43 anos em uma propriedade rural localizada no bairro Jucu, em Viana. De acordo com a polícia, o menor atirou 16 vezes contra a vítima.

O crime aconteceu na noite da última quarta-feira (05). Gilmar Rodrigues Coimbra teria sido flagrado pelo adolescente furtando carneiros. “Ele ia lá na fazenda direto. Tinha mais de uma semana que ele estava roubando. Cela, carneiro, o que tivesse ele roubava”, disse o menor.

O suspeito contou como pegou o homem em flagrante. “Eu fiquei esperando na porteira na hora que ele subiu, mas ele não me viu. Quando ele desceu, eu o peguei. Ele já estava com oito carneiros dentro do carro. Fui eu que soltei os carneiros. Cortei as cordas com uma faca e eles subiram para o curral sozinhos. Tive pena dos carneiros, do Gilmar não”, contou.

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

O adolescente revelou ainda que, para matar Gilmar, usou um revólver calibre 38, uma pistola 380 e até uma escopeta. Depois do crime, ele jogou as armas no Rio Jucu, foi para casa, queimou as roupas que usava, se alimentou e ficou à espera da polícia.

“Eu fui para a mata porque tinha muita polícia e eu fiquei assustado. Depois, fui para casa e fiquei esperando eles me buscarem, mas eles rodaram, rodaram e não foram. Fiquei o dia todo lá. Tomei banho, almocei e, quando eram umas 16 horas, chegou o investigador e perguntou se eu poderia ir lá dar depoimento”, disse o acusado.

O menor também foi perguntado sobre o motivo que o levou a matar a vítima com 16 tiros. A resposta surpreendeu pela frieza. “Eu sei que o cara é mau mesmo. Se ele saísse vivo, iria me achar em qualquer lugar. Os primeiros dois tiros foram com a 12 para ter certeza que eu não iria errar. Se ele ficasse vivo, viria me pegar. Os primeiros tiros foram do lado do carona. Depois, eu rodei o carro, encostei o cano da 12 na cabeça dele, dei o último tiro e saí correndo”, relatou.